Segunda-feira e a gente lembra do quê? Trânsito, congestionamento…

Uma pesquisa de dados feita pela empresa de tecnologia de navegação TomTom Traffic Index, mostrou como a pandemia da Covid-19, influenciou nos hábitos de mobilidade em diversos lugares do mundo.

Os resultados apontaram que o tráfego nas cidades em todo o mundo foi 10% menor em 2021, do que em 2019.

O levantamento foi feito em 404 cidades, e dessas, 286 tiveram uma média de tráfego menor do que antes da pandemia da Covid-19. O estudo ainda mostrou que a pandemia impactou diretamente o trânsito no horário de pico: os níveis de congestionamento caíram em média 19%.

A campeã mundial de congestionamento entre as cidades grandes participantes do Índice de Tráfego de 2021, foi Istambul, na Turquia. Mesmo com a pandemia, o motorista passou em média 142 horas por ano preso no trânsito lá. O congestionamento da cidade turca foi 7% pior em 2021 do que antes da pandemia.

Já a menos congestionada do mundo foi Meca, na Arábia Saudita. Os motoristas lá passaram apenas 16 horas por ano no trânsito, segundo os dados.

O Brasil também teve cidades incluídas no estudo, entre elas, São Paulo e Rio de Janeiro.

Em São Paulo, a média de congestionamento de 2019, antes do período pandêmico, era de 33%, já em 2021, segundo ano de pandemia, esse número caiu para 25%. Ou seja: no ano passado, os paulistas passaram cerca de 71 horas dirigindo durante o ano.

Já no Rio de Janeiro, esse número não diminuiu tanto e mesmo durante o período de isolamento social, o congestionamento foi sentido pelos cariocas. A média de congestionamento de 2019 era de 35%, já em 2021, esse número foi para 31%.

Além dessas duas cidades, a lista do estudo ainda tem Belo Horizonte, Porto Alegre, Salvador, Fortaleza e mais algumas. Confira aqui. 

Mudança de hábito

Além do isolamento social, outro fator responsável pela redução dos níveis de congestionamento, foi a mudança de hábito. Ao invés de carros e transporte público, a população optou por outros tipos de locomoção, por exemplo, bicicletas.

Em Londres, o trânsito caiu cerca de 13% no horário de pico em 2021 em comparação com 2019. As autoridades locais abriram novas ciclovias quando a pandemia da Covid-19 começou no início de 2020.

A pesquisa ainda selecionou 50 cidades em todo o mundo para ver como e quando o tráfego mudou em 2021 em comparação com 2019. Na lista é possível ver as mudanças de 2019, 2020 e 2021. Para ver mais de detalhes de São Paulo e Rio de Janeiro, basta clicar em cima. Para ver todas as cidades, clique aqui.

  • San Jose – EUA
  • Bangkok – Tailândia
  • Manila – Filipinas
  • Ottawa – Canadá
  • Lisboa – Portugal
  • São Paulo – Brasil
  • Washington – EUA
  • Cidade do Cabo – África do Sul
  • São Francisco – EUA
  • Amsterdã – Holanda
  • Los Angeles – EUA
  • Rio de Janeiro – Brasil
  • Dublin – Irlanda
  • Bristol – UK
  • Doha – Catar
  • Atlanta – EUA
  • Madrid – Espanha
  • Melbourne – Austrália
  • Edimburgo – Escócia
  • Helsinque – Finlândia
  • Roterdã – Holanda
  • Vancouver – Canadá
  • Atenas – Grécia
  • Roma – Itália
  • Londres – UK
  • Hamburgo – Alemanha
  • Nice – França
  • Bolonha – Itália
  • Bruxelas – Bélgica
  • Nova York – EUA
  • Praga – República Checa
  • Copenhague – Dinamarca
  • Oslo – Noruega
  • Nova Orleans – EUA
  • Varsóvia – Polônia
  • Barcelona – Espanha
  • Paris – França
  • Berlim – Alemanha
  • Florença – Itália
  • Viena – Áustria
  • Lodz – Polônia
  • Gante – Bélgica
  • Hamilton – Canadá
  • Tóquio – Japão
  • Ancara – Turquia
  • Região de Moscou – Rússia
  • Orleans – França
  • Istambul – Turquia
  • Kiev – Ucrânia
  • Izmir – Turquia

Leia também: como se determina o fim de uma pandemia?