por Daniel Junqueira

A Nintendo lançou hoje (17) no Japão seu primeiro app para smartphones: é o Miitomo, um serviço de mensagens/rede social que dá o pontapé inicial na estratégia da empresa de expandir suas produções para dispositivos móveis.



Os planos de entrar no mundo mobile foram anunciados no ano passado, depois de muita especulação, principalmente devido ao desempenho fraquíssimo do console Wii U e abaixo do esperado do Nintendo 3DS, que fez a empresa registrar prejuízos, algo bastante incomum em sua história.

Mas a Nintendo não quer simplesmente abandonar a produção de suas próprias plataformas para se concentrar em smartphones ou em consoles rivais: ela pretende lançar alguns jogos mobile, além de um novo console, o NX, que será formalmente apresentado este ano (e, segundo rumores, lançado ainda em 2016).

O Miitomo foi feito em parceira com a DeNA e não é exatamente um jogo. Ele usa os avatares Mii (introduzidos no Nintendo Wii) e permite interação com outras pessoas, sejam amigos seus ou até desconhecidos. E tudo isso com aquele estilo Nintendo de sempre fazer as coisas pensando em agradar um público bem amplo – de crianças a adultos.

Evan Narcisse, do Kotaku, testou o app e falou um pouco sobre como ele funciona. Logo ao abri-lo pela primeira vez, ele pede para o usuário criar um avatar Mii. Para facilitar a vida das pessoas, é possível usar a câmera frontal do smartphone para gerar um Mii automaticamente, mas também dá para personalizar como a pessoa quiser. Também é possível importar um Mii que já tenha sido criado em um Wii U ou Nintendo 3DS.

miitomo-2

Foto via The Verge

Depois disso, o app faz algumas perguntas sobre a pessoa. Isso forma uma base de um quiz sobre você que seus amigos poderão responder para ganhar pontos dentro do jogo. Eles também podem deixar alguns comentários sobre as suas respostas, e de vez em quando um Mii amigo surge no app perguntando algo mais pessoal – neste caso, só o dono daquele Mii pode ler a resposta.

O jogo também oferece algumas pequenas missões para o usuário, como atingir alguns objetivos sociais, como vincular contas do Facebook e Twitter, ou adicionar amigos, além de algumas coisas como comprar jogos da Nintendo, acessar a loja virtual eShop semanalmente, entre outras coisas.

Completar essas missões rende pontos que podem ser usados para jogar um minigame chamado Miitomo Drop, uma mistura de pinball com máquina de garra que rende alguns prêmios. Também dá para comprar esses pontos com dinheiro real, claro, afinal, é um jogo com microtransações.

Por enquanto o Miitomo só está disponível no Japão para Android e iOS, mas a Nintendo promete que ele chega logo a mais 16 mercados – o Brasil não está nessa lista, mas deve recebê-lo no futuro.

Além do Miitomo, a Nintendo pretende lançar mais quatro jogos para smartphones até março de 2017 – a empresa ainda não deu pistas do que mais vem por aí.

[IGN, The Verge, Kotaku]