Você está pronto? Eis uma patente, concedida em 1985, descrevendo um sistema para "inserir fluidos em uma cabeça de animal". Só que a cabeça mostrada neste diagrama não é de um animal. Peraí, como é? Você quer ver a patente em ação? Bem…

A revista The Atlantic descobriu a patente, que descreve como a cabeça "desencorporada" de um animal poderia receber nutrientes e sangue oxigenado por uma série de tubos. Que nojo. E os diagramas que acompanham a patente mostram não uma cabeça de animal, e sim de humano. Que nojo e que medo.

E para quem aprende melhor vendo, a revista The Atlantic tem um vídeo antigo que descreve um sistema similar e depois o mostra em ação com cenas de um experimento russo com um cachorro. Um cachorro de verdade. O vídeo está no fim do post, então não clique se não quiser vê-lo.

É possível que tudo isto seja falso – o site de demistificação Snopes questiona a autenticidade da patente. Mas, de qualquer forma, você pode ver o vídeo abaixo, ou ver este aqui, sobre o mesmo experimento só que mais longo.

Enfim, a melhor coisa que uma cabeça pode fazer é ficar presa no corpo. [The Atlantic]