Esta semana, falamos aqui sobre um estudo das universidades de Cambridge e Stanford: ele alega que, usando curtidas no Facebook, um computador consegue prever seus traços de personalidade melhor do que seus amigos e parentes. Será mesmo? Você pode testar.

A equipe de pesquisadores publicou uma ferramenta para estudar seus likes e tentar prever sua personalidade. Você pode acessá-la neste link.

>>> Seu computador entende a sua personalidade melhor que seus amigos

É simples: clique em Start e, na janela que se abre, autorize o acesso ao seu perfil do Facebook. A ferramenta só verá seu “perfil público e lista de amigos”.

Inicialmente, eu recebi uma mensagem de erro: “parece que você não tem um número suficiente de curtidas no Facebook para gerarmos uma previsão precisa o bastante”.

Se isso acontecer, é porque você precisa tornar públicas as suas curtidas. Basta ir em seu perfil e, na seção “Curtidas”, clicar em “Editar Privacidade” e mudar as opções para “Público”. (Você pode desfazer essas alterações depois.)

Mudar privacidade no Facebook

Agora sim: clique em Start e aguarde pelas previsões. Ele tentará adivinhar sua idade, status de relacionamento, religião (se houver) e até sua orientação sexual.

O teste achou que eu tenho 24 anos (sou alguns anos mais velho), disse que sou 1% lésbica (e quem não é) e me insultou dizendo que não estou em um relacionamento (não é uma relação comigo mesmo, ok). Quanto à orientação política (liberal) e religiosa (nenhuma), ele se saiu melhor.

Personalidade

Boa parte do estudo se concentra no Big Five: em psicologia, são cinco fatores de personalidade que variam em intensidade e definem quem você é. São eles:

  • abertura para experiências: criativo/curioso vs. consistente/cauteloso; mede seu apreço por arte, emoção, aventura e ideias incomuns
  • escrupulosidade: eficiente/organizado vs. flexível/espontâneo; tendência de mostrar autodisciplina e ser planejado
  • extroversão: extrovertido/enérgico vs. introvertido/reservado; tendência a procurar a companhia dos outros e se envolver com o mundo exterior
  • amabilidade: amigável/com compaixão vs. analítico/imparcial; mede o quanto você está disposto a cooperar com outras pessoas, e a confiar nelas
  • neuroticismo: sensível/nervoso vs. seguro/confiante; tendência de vivenciar emoções negativas, como raiva, ansiedade ou depressão

No meu caso, o algoritmo acertou em cheio! Ou quase: ele só errou no quesito “escrupulosidade”: ele diz que sou espontâneo, mas prefiro ter tudo planejado.

Teste de personalidade

De acordo com o estudo, o modelo precisa de apenas 100 curtidas no perfil para prever traços de personalidade melhor que uma pessoa. Apesar de usar pouco o Facebook, eu dei 168 curtidas em páginas ao longo dos anos.

Se você quiser fazer o teste Big Five – e não ter apenas um chute feito por um algoritmo – a Universidade de Cambridge fornece uma ferramenta para isso. Você responde a algumas perguntas (em inglês) e elas revelam sua personalidade. Você pode acessá-la neste link.

Satisfação de vida

Na página, há também um índice de satisfação de vida. O teste original pede que você responda a cinco perguntas com notas de 1 a 7, sendo 1 – discordo totalmente e 7 – concordo totalmente. São elas:

  • Na maior parte, a minha vida está perto do meu ideal.
  • As condições da minha vida são excelentes.
  • Estou satisfeito com a minha vida.
  • Até agora tenho conseguido as coisas importantes que eu quero na vida.
  • Se eu pudesse viver minha vida novamente, eu não mudaria quase nada.

Quanto mais próximo da nota máxima, mais satisfeito você está com sua vida. O site o exprime em porcentagem; minha “nota” ficou em 59%. (Para converter a nota em porcentagem, multiplique por 3,3 e subtraia 16,7.)

Teste de personalidade - satisfacao

Os resultados terminam com uma “previsão de inteligência expressa em percentil”. Aparentemente, eu estou entre os 75% mais inteligentes, mas… o estudo não diz o que essa nota significa. Talvez eu não seja tão inteligente, afinal.

Explorar esses resultados é muito interessante, e você deveria fazer o mesmo. Clique aqui para fazer o teste: [PredictionAPI via Engadget]