Como o local é repleto de casas e propriedades generosamente opulentas, os residentes ficaram enraivecidos ao verem a câmera giratória do Google tirando fotos das suas casas do teto do carro. Imediatamente, os vizinhos Broughton e Buckinghamshire puseram de lado suas diferenças e criaram uma corrente humana para deter o carro, atormentando o motorista sobre a “invasão de privacidade”.

“Como alguém ousa tirar uma fotografia do meu lar sem meu consentimento? Eu corri pra fora de casa para parar o carro e falei pro motorista que ele estava não apenas invadindo a nossa privacidade como também estava facilitando os crimes”, disse Paul Jacobs, o residente que deu início à resistência.

Quando a polícia foi chamada, os residentes bateram pé e não deixaram o carro do Google Street View passar até o motorista virar e ir embora. Até hoje, Broughton não tem como ser localizada visualmente no Google Maps. [Times Online]