Desde que a Apple apresentou seus designs de referência e API para controladores de jogos para iOS na WWDC, nós sabemos que hardwares autorizados voltados para isso estão a caminho do iOS. O Moga Ace é o primeiro que pudemos ver de perto, e, após jogar com ele por alguns dias, podemos dizer que é bastante promissor.

Para testes iniciais, a Moga nos forneceu um iPod Touch carregado de jogos prontos para serem usados com controles, incluindo Dead Trigger 2 e Bastion. Ambos são excelentes. Ainda assim, é cedo demais para dizer se o controle vai de alguma forma modificar como consumimos jogos nos nossos aparelhos iOS, ou se são apenas adições desnecessárias. Dito isso, as ofertas atuais nos dão uma boa ideia de que é possível se divertir bastante com eles. Estamos animados com o futuro, mesmo considerando que o hardware e os jogos ainda precisam de algumas mudanças antes de se tornarem totalmente sensacionais.

Hardware

moga ace (2)

Este modelo em particular de controle para iOS é um dos três descritos pela Apple nos seus designs de referência. O Ace lembra um controle de console moderno que você pode conectar pela entrada Lightning do seu iPod ou iPhone. Ele tem o direcional D-Pad, alavancas analógicas na esquerda e na direita, botões ABXY e dois pares botões no topo. Eles estão longe do ideal em comparação com hardware de consoles, mas não são horríveis. A exceção é o D-Pad, que é um desastre inutilizável, e as alavancas L2/R2, que parecem ter sido projetadas para brinquedos. Jogar usando apenas as alavancas analógicas e os botões ABXY, entretanto, é muito bom.

moga ace (1)

No geral, o hardware passa uma sensação barata e de um brinquedo. A Moga criou o Ace para ser desmontável, então quando não estiver usando você pode fechar o aparelho para ele ficar em um formato mais compacto. É uma ideia interessante e facilita na hora de guardar o Ace no bolso da sua jaqueta. Infelizmente, o truque de deslizar faz com que o hardware não seja suficientemente resistente até você encaixar um iPod ou iPhone e travá-lo. E mesmo assim, a resistência não é a mesma encontrada em outros aparelhos de jogos portáteis como o Nintendo 3DS.

Além disso, o Moga Ace conta com uma bateria recarregável de 1800mAh que pode servir como reserva, ou carregar seu dispositivo enquanto você joga. É um bônus bacana, mesmo considerando que é necessário e exigido pela Apple.

Quão bem ficam os jogos de iOS em um controle?

moga ace (4)

Dependendo do jogo, usar o Moga Ace pode ser tanto frustrante quanto extremamente divertido. Nos jogos que mais joguei, Dead Trigger 2 e Bastion, a primeira coisa a ser apreciada é que, como você não precisar tocar a tela para controlar, você consegue ver tudo o que aparece nela. Lembre-se que em Dead Trigger você precisa manter os dedões na tela o tempo inteiro.

Esses são jogos simplificados projetados para controles simples, o que significa que não vão se adaptar ao controle da forma que você espera. DT é um jogo criado especificamente para dispositivos touchscreen, enquanto Bastion foi lançado originalmente para o Xbox 360 Arcade. Um dos jogos é nativo para toques, o outro para controles. As diferenças são significativas.

Em DT, você tem mais precisão ao controlar seu herói matador de zumbis nas alavancas virtuais em vez do Moga Ace. Ao mesmo tempo, pressionar seus polegares na tela é muito mais cansativo do que usar as alavancas analógicas.

DT tem controles totalmente personalizáveis, então você consegue mapear o gamepad de acordo com as suas preferências pessoais. Sinceramente, não achei isso útil – não nas primeiras fases do jogo, pelo menos. O jogo foi projetado para ser jogad com uma interface limitada, então você atira assim que zumbis aparecerem na tela. Não há a necessidade de mapear um botão para disparo, já que o jogo faz isso por você.

O caso de Bastion, por outro lado, é melhor. Os controles são quase perfeitos. A alavanca analógica oferece bastante controle sobre o herói, e o jogo é muito mais fácil usando o controle. Não chega a ser surpreendente, cosniderando as origens em consoles.

Não fiquei procurando defeitos ao mudar de um controle definido para outro em jogos. Acho, na verdade, que é até fascinante como os jogos mudam de uma tela da Apple para um controle Moga Ace. A resposta é tão simples que é fácil dizer que os controles melhorarão conforme jogos sejam projetados para eles. Bem, não necessariamente. Não espere shooters 3D tão cedo. O processo de aprovação da App Store exige que seja possível controlar um jogo usando controles touch, então criar jogos apenas com controle em mente não deve ser algo que acontecerá tão cedo. Isso não significa que desenvolvedores não possam pensar em jogos também para os controles, ou, ao menos, adaptar melhor seus jogos tanto para touchscreen quanto para os controles.

Conclusão

moga ace (5)

Por US$ 100, o Moga Ace poderia oferecer mais qualidade. Ele é bom, e funciona bem mesmo como diversão rápida, e não é tão caro quando pensamos que acessórios de iPhone podem custar bastante.

Ele serviu para me deixar bastante interessado em ver como outras empresas podem criar hardwares parecidos, e como desenvolvedores conseguirão adaptar seus jogos para os novos hardwares. É cedo demais para decidir por esse aqui, especialmente considerando que muitos outros devem ser anunciados nas próximas semanas. Ainda não é exatamente fácil buscar jogos que já sejam compatíveis com controles externos, mas supostamente centenas deles já estão por aí, já que a API está disponível há algum tempo.