O Google nunca foi muito direto quanto ao consumo de eletricidade, mas com todos aqueles data centers, esperava-se que o consumo de energia fosse enorme. Aparentemente, esse não é o caso.

O consumo de energia do Google obviamente é bem maior que o de muitas casas e pequenas empresas, mas sua posição em relação a outros data centers é comparativamente baixa. De acordo com um novo relatório por Jonathan Koomey, professor da Stanford University, o Google é responsável por menos de 1% da eletricidade usada por data centers no mundo todo, e por apenas 0,01% do consumo mundial de eletricidade.

O Google não revela o consumo de energia de seus data centers, mas Koomey pôde estimar que eles consomem cerca de 0,22 gigawatt cada. Isso é muito menos que o consumo médio de um data center no mundo (34,4 gigawatts) ou nos EUA (12,3). (O relatório completo está aqui.)

Este número baixo pode ser atribuído à eficiência na infraestrutura de servidores do Google. Nos últimos anos, o Google mantém interesse em fontes de energia alternativa e tecnologia verde. Parece que valeu a pena. [Jonathan Koomey via DataCenter Knowledge]