Se você está vivendo neste pontinho azul chamado Terra, você deveria agradecê-la por se tornar um lugar habitável para a espécie humana. Na verdade, você deveria olhar para baixo e agradecer ao manto terrestre: segundo cientistas, ele permitiu a geração de oxigênio – você sabe, aquilo que respiramos para viver – porque esta camada abaixo da superfície terrestre ficou menos quente.

Pesquisadores da Universidade de Princeton publicaram um estudo na revista Nature dizendo que o manto terrestre foi perfeito para o Grande Evento de Oxigenação (GOE, na sigla em inglês) que ocorreu há 2,5 bilhões de anos e durou por 900 milhões de anos. Este foi o período no qual “os níveis de oxigênio na atmosfera explodiram, e acabaram levando à nossa atmosfera atual”, de acordo com a Futurity.

O manto terrestre é a camada que fica entre o núcleo da Terra e a superfície. Espere, mas se o manto fica abaixo da superfície, como ele ajudou na geração de oxigênio acima da superfície?

Porque, há 2,5 bilhões de anos, houve uma queda brusca na temperatura de derretimento do manto. Portanto, diminuiu o derretimento da superfície terrestre, que por sua vez reduziu a saída de gases vulcânicos baseados em óxido de ferro. Esses gases reagem com o oxigênio e o retiram do ar; sem eles, as moléculas de oxigênio puderam flutuar livremente pela atmosfera até hoje.

É por isso que temos oxigênio para respirar. É por isso que a Terra se tornou habitável. Obrigado, manto! Mais detalhes: [Futurity]

Imagem por Sergej Khakimullin/Shutterstock