A Deezer foi uma das plataformas de streaming pioneiras no Brasil, perdendo apenas para o finado Rdio. Após um monte de lançamentos no País, o serviço francês anunciou uma redução nesta semana uma redução no plano Deezer HiFi, que oferece áudio de qualidade superior.

De forma resumida, a mensalidade do plano vai passar de R$ 33,80 para R$ 26,90. O movimento da plataforma francesa é interessante, uma vez que o valor anterior era justamente o mesmo oferecido pelo Tidal pela modalidade HiFi.

O desconto não é apenas para novos usuários, mas para quem já é assinante. Assim, na próxima fatura, eles já receberão o valor reduzido na cobrança.

De forma resumida, boa parte dos serviços de streaming conta com qualidade padrão com bitrate (fluxo de bits) de 160 kbps, podendo chegar a 320 kbps — se você não manja, quanto maior o bitrate, melhor a qualidade do som.

No entanto, serviços com modalidade HiFi (de alta fidelidade) disponibilizam música no formato FLAC, com bitrate de 1.411 kbps, prometendo uma qualidade muito parecida com a obtida no estúdio durante a gravação.

A Deezer diz que o plano disponibiliza mais de 54 milhões de músicas em formato FLAC. Além disso, o serviço também oferece o aplicativo 360 by Deezer, que oferece canções no formato 360 Audio Reality. Nele, a ideia é tentar fazer com que o ouvinte tenha uma sensação de imersão.

Lógico que toda esta qualidade de som só pode ser aproveitada se você tiver um bom equipamento (em português claro: um fone de ouvido ou um sistema de som caro), mas, caso você queira saber como é ouvir música no Deezer HiFi, a plataforma permite usar por 30 dias gratuitamente.

Com a mudança, estes são os preços dos planos premium da Deezer:

  • Deezer Premium: R$ 16,90 (conta individual);
  • Deezer Family: R$ 26,90 (até seis contas);
  • Deezer HiFI: R$ 26,90 (conta individual);
  • Deezer Student: R$ 8,45 (conta individual).