É o fim de uma era para Doctor Who, Jodie Whittaker gravou o encerramento de sua jornada como a 13º Doutora. Ainda é um mistério quem será o(a) sucessor(a) do Time Lord.

No início desta semana, a BBC confirmou oficialmente que Whittaker e Mandip Gil, que interpreta a companheira Yaz na série, terminaram as filmagens do programa. Em entrevista ao The Graham Norton Show, a atriz afirmou que a outra metade de sua regeneração também foi gravada, mas que não sabe quem seria. “Eles nunca vão me dizer quem é. Filmamos algumas cenas [para a regeneração], mas o novo Doctor não estava lá”, disse em entrevista (via Radio Times).

Embora não conheça a identidade, esse episódio já aconteceu quando ela gravou sua entrada e não estava ao lado do 12º Doctor, que era Peter Capaldi. “Eu não estava lá quando foi Peter, e só o conheci meses depois, quando passei por ele na rua!”

Isso não é incomum na história da série de ficção científica, especialmente quando a saída de um ator coincide com a chegada do novo showrunner e uma produção em desenvolvimento. Como a própria Whittaker notou, seu lado da regeneração do 12º Doctor foi gravado bem depois de Capaldi ter filmado sua própria sequência; um grupo separado da equipe de produção de Steven Moffat entrou para filmar a primeira cena de Matt Smith como o Doutor durante a despedida de David Tennant. Bastante infame, a demissão de Colin Baker como o Sexto Doctor levou o ator a se recusar a voltar para filmar sua regeneração no episódio “Time and The Rani” , levando a um … disfarce pouco convincente para o novo Doutor Sylvester McCoy.

Embora não seja atípico, é o começo de um fim de um capítulo para Doctor Who. Russell T. Davies, que trabalhou na série britânica entre 2005 e 2010, retornará para o aniversário de 60 anos da série, em 2023.

Assine a newsletter do Gizmodo

A 13ª temporada, intitulada Doctor Who: Flux, irá ao ar em 30 de outubro na BBC One.