Um relatório de incidentes reunido por um especialista em Saúde Ambiental e Segurança contratado pela Apple foi equivocadamente enviado a centenas de empregados e depois vazado ao Gizmodo. Os papéis incluem provas de alguns novos produtos que companhia – bastante misteriosa, na maioria das vezes – está preparando. O relatório inclui 70 incidentes diferentes.

• A edição de 10º aniversário do iPhone se encaminha para ser um clone do Galaxy S8
• Volte aos anos 1980 com este simulador incrível do Macintosh feito pelo Internet Archive

O documento, enviado em 14 de abril, foi batizado como “Descrições de Impacto Reportadas em [Santa Clara Valley] do Mês Passado” e contém de tudo: desde relatos sem importância de empregados após esbarrarem em uma porta até a pessoas buscando ajuda médica após testar novos produtos da Apple. O relatório inclui informações de data e localização dos incidentes, que vão de relatos de perigos do ambiente de trabalho como derramamentos e incêndios, a ferimentos que pessoas sofreram no local e o nível de cuidado que foi dado aos feridos, quando necessário.

Muitos dos incidentes detalham ferimentos comuns ao local de trabalho. Por exemplo, em 1º de março de 2017, às 18h44, um empregado trabalhando na construção 4 do Infinite Loop (possivelmente um empregado do Caffè Macs, a cafeteria chique da Apple para empregados) queimou sua mão tirando um peixe do forno. Ou quando uma empregada que estava trabalhando no escritório Arques da Apple em Sunnyvale, em 14 de março, começou a “se sentir tonta, tinha dificuldade em enxergar claramente, não conseguia ficar de pé. Ela mencionou se sentir estressada”. Outro incidente, em 29 de março, no escritório Bandley 5 da Apple em Cupertino, envolveu um empregado lidando com “material perigoso”. “O empregado estava abrindo uma caixa Apple Pencils usados. Assim que ela abriu a caixa, um forte odor emanou de dentro da caixa. A empregada, que está familiarizada com os odores de uma bateria de lítio, identificou dois Pelcils como a fonte do odor. Ela suspeitou que os lápis estivessem vazando eletrólitos.”

A Apple não deu retorno sobre o pedido de comentário.

Esse documento não tem muito contexto, e a vaga menção de protótipos da Apple está de acordo com os métodos da companhia de manter tudo em segredo. Mesmo assim, os relatórios de incidentes podem ser reveladores, então vamos deixar você fazer suas próprias suposições.

Parece que alguns dos incidentes listados no relatório podem dar dicas de novos produtos nos quais a Apple está trabalhando. Um relatório de 21 de fevereiro, que incluía “tratamento médico além dos primeiros socorros”, envolveu uma unidade de protótipo no escritório De Anza da Apple em Cupertino. “Depois do estudo de usuário BT4, o líder do estudo disse que a usuária sentiu desconforto em seu olho e disse que ela conseguia ver flashes laser em diversos pontos durante o teste. O líder a encaminhou ao optometrista e guardou o protótipo para análise.”

Em outro relatório, um empregado trabalhando no escritório da Apple Vallco Parkway em Cupertino relatou dor nos olhos em 2 de março. “O empregado relatou dor nos olhos depois de trabalhar em um novo protótipo, apesar da dor poder estar relacionado ao uso desse produto. Ele notou que o selo de segurança no invólucro magenta (externo) estava danificado e pensou que a unidade poderia ter sido alterada.” Uma fonte dentro da Apple especulou que esse dano pode ter sido relacionado a um produto de realidade aumentada que a Apple pode estar testando, algo como um óculos com um display sobre a cabeça. O CEO da Apple, Tim Cook, disse que ele acha que a realidade aumentada será grande no futuro.

Em 10 de março, em um outro exemplo, um empregado do Apple Watch machucou seu joelho enquanto esquiava. “O time EE do Watch estava em uma viagem de esqui de dois dias (10/3 a 11/3) na região de Tahoe para ajudar a coletar dados de movimento de atividade de esqui e seu rastreamento. Também como parte de uma atividade de integração de equipe. O empregado estava participando da atividade e sofreu um ferimento no joelho”. Nós perguntamos à Apple se eles planejam adicionar esqui ou snowboard como atividades rastreadas ao aplicativo Workout, mas não tivemos resposta.

Em um incidente que precisou de tratamento médico além dos primeiros socorros, um empregado da Apple foi atingido por uma minivan da companhia em 21 de março. Uma fonte dentro da Apple especulou que isso pode estar relacionado com as minivans da Apple projetadas para coletar dados para o Maps. “A Minivan 82 virou à esquerda, deixando o estacionamento da Vallco Parkway, e acertou um pedestre (funcionário da Apple) atravessando na faixa de pedestres na direção oposta (no cruzamento entre o Vallco Parkway e o Main Street Drive Garage Parkway). O sinal de faixa de pedestre estava branco, a van virou no sinal verde. Quando a van atingiu o funcionário, ele caiu para trás alguns metros; ele sofreu ferimentos leves.”

Em 7 de março no escritório Forge da Apple em Cupertino, um empregado teve um dedão inchado após fazer alguns testes. “O empregado estava fazendo testes em uma câmera, quando derrubou um objeto pesado em seu dedão. Na hora, não achou que era grande coisa, continuou e terminou o teste. Ele acabou de me relatar que seu dedão está inchado.”

Imagem do topo: AP