E a crise das big techs? Microsoft investe US$ 10 bilhões na OpenAI

Após sucesso do ChatGPT, Microsoft paga cifra bilionária para expandir serviços IA. Aporte ocorre em meio a demissões em massa na empresa
E a crise das Big Techs? Microsoft investe US$ 10 bilhões na OpenAI
Imagem: Wikimedia Commons/Reprodução

A Microsoft confirmou que está investindo US$ 10 bilhões na OpenAI – a startup por trás do desenvolvimento de ferramentas famosas como o DALL·E 2 e ChatGPT. Ironicamente, o investimento bilionário surge dias após o anúncio de demissões em massa pela Microsoft, motivada pela atual crise das big techs.

whatsapp invite banner

O novo investimento faz parte da terceira fase da parceria entre a Microsoft e a OpenAI – iniciada em 2019. O objetivo é que ambas empresas trabalhem juntas para criar novas tecnologias em IA (Inteligência Artificial), tendo como base a arquitetura da plataforma de computação em nuvem Microsoft Azure.

De acordo com a Microsoft, o novo aporte na startup visa aumentar o desenvolvimento e implantação de sistemas de supercomputação em IA. A ideia é que os modelos e aplicativos da OpenAI passem a ser oferecidos futuramente para consumidores e empresas que usam os serviços da Microsoft.

“Nesta próxima fase de nossa parceria, desenvolvedores e organizações de todos os setores terão acesso à melhor infraestrutura, modelos e cadeia de ferramentas de IA com o Azure para criar e executar seus aplicativos”, explica Satya Nadella, presidente e CEO da Microsoft, em comunicado.

Já a OpenAI ressalta que o investimento da Microsoft permitirá que a startup acelere suas pesquisas independentes, mas continuando a usar a Azure como provedor de nuvem exclusivo para todos os seus produtos. Durante a nova fase, a ideia é treinar os modelos IA a partir do seu uso no mundo real, para tornar esses sistemas mais seguros e úteis.

Por outro lado, os comunicados das duas empresas não deixaram claro o que motivou o novo investimento da Microsoft na OpenAI. Porém, questionado pelo site Mashable, o ChatGPT respondeu que não tinha detalhes específicos sobre a parceria, mas que o seu próprio sucesso pode ser “um dos motivos que levaram à extensão da parceria”.

“O sucesso do ChatGPT pode ter demonstrado o valor da colaboração e o potencial para novos avanços no campo da IA. Também pode ter mostrado a eficácia da parceria para trazer poderosas ferramentas de IA para uma ampla gama de usuários e setores”, disse o ChatGPT.

Na última semana, a Microsoft explicou que a demissão de 10 mil funcionários (5% do total) era uma “resposta às condições macroeconômicas e às mudanças nas prioridades dos clientes”. De acordo com o norte-americano Wall Street Journal, um dia antes do comunicado das demissões, executivos da Microsoft assistiram a um show privado do cantor Sting.

Hemerson Brandão

Hemerson Brandão

Hemerson é editor e repórter, escrevendo sobre espaço, tecnologia e, às vezes, sobre outros temas da cultura nerd. Grande entusiasta da astronomia, também é interessado em exploração espacial e fã de Star Trek.

fique por dentro
das novidades giz Inscreva-se agora para receber em primeira mão todas as notícias sobre tecnologia, ciência e cultura, reviews e comparativos exclusivos de produtos, além de descontos imperdíveis em ofertas exclusivas