Este é o super porta-aviões Gerald R. Ford. Ele será o carro-chefe da nova classe que substituirá os super porta-aviões Nimitz. Ele também é o primeiro porta-aviões a ser inteiramente projetado com o uso de software de modelagem tridimensional.

O vídeo (abaixo) mostra como o estaleiro Newport News da Huntington Ingalls o está construindo, da parte do navio até a pista de decolagem/aterrissagem. É um processo extremamente complexo; é como construir a partir do zero uma cidade inteira que flutua.

Os novos super porta-aviões serão mais eficientes que os atuais Nimitz, com um novo deck com layout e estrutura diferentes para lidar melhor com os caças. O deck também inclui catapultas do Sistema de Lançamento Eletromagnético de Aeronaves — quatro delas. A ilha — a torre de controle na lateral — foi reduzida em tamanho e deslocada para a popa do navio.

Ele também terá uma nova planta nuclear que requisitará menos pessoas (dois terços a menos) e menos manutenção, chamada reator A1B. Ela usará dois deles mantendo o mesmo tamanho da Nimitz.

Quando finalizado, em 2015, ele permanecerá na frota pelos próximos 50 anos (no mínimo). [Huntington Ingalls]