A Amazon anunciou que seus Echo Buds com Alexa em breve terão suporte para rastreamento de dados relacionados aos exercícios físicos do usuário. Nos próximos dias, os usuários poderão solicitar à assistente de voz o comando “Alexa, comece meu treino”, e os fones começarão a rastrear dados sobre calorias queimadas, distância percorrida e ritmo. De acordo com o TechCrunch, os comandos também incluem a capacidade de dizer à Alexa para terminar um treino, pausar uma caminhada ou corrida ou revelar a distância que você correu ou andou, bem como o ritmo do treino.

A CNBC informou que os usuários do Echo Buds podem habilitar o recurso do seu aplicativo Alexa, selecionando Criar um perfil de treino no menu Workouts em Configurações de Conta. Os usuários poderão ver seus dados do Buds ao navegar até seus dispositivos dentro do aplicativo Alexa, selecionando Echo Buds na opção Echo & Alexa e escolhendo Workouts.

A capacidade de rastrear dados de condicionamento físico com um par de fones de ouvido que são significativamente mais baratos que os produtos oferecidos por outros gigantes da tecnologia voltados para o condicionamento físico, como a Apple, certamente parece atraente – no momento em que este artigo foi escrito, os Echo Buds estavam com desconto e custando apenas US$ 80 (de US$ 130) na Amazon, muito abaixo do preço de um par de AirPods ou AirPods Pro, por exemplo. Isso pode tornar os buds da Amazon buds uma ótima opção para pessoas que querem os benefícios do rastreamento fitness sem ter que gastar centenas de dólares.

Mas a Amazon também não indicou que deu muita atenção a toda essa coisa de pivô para fitness antes de puxar o gatilho de seus outros produtos de fitness. A empresa lançou recentemente o Amazon Halo, cuja “ferramenta de composição corporal” usa seu próprio smartphone para rastrear o percentual de gordura corporal, permitindo ao usuário ajustar para ver como ficaria sua aparência com mais ou menos gordura. Vale reforçar que a varredura corporal não fornece uma leitura total de sua saúde e certamente não deve ser usada para substituir uma conversa com seu médico para determinar o que é melhor para sua saúde geral.

Os Buds parecem inofensivos. Mas, levando em consideração a abordagem geral questionável da Amazon para condicionamento físico e saúde, vale a pena se perguntar se faz sentido entrar no ecossistema de condicionamento físico da Amazon ou economizar para algo que é um pouco menos desconfortável.