Após arrematar o Twitter pela bagatela de US$ 44 bilhões, Elon Musk brincou que pretende comprar também a Coca-Cola. E o motivo é bem curioso: “para colocar cocaína de volta nela”, disse, em sua conta no Twitter.

A piadinha infame do dono da Tesla e Space X (e agora Twitter) faz referência ao nome da bebida. Acredita-se que a primeira receita da Coca-Cola era um xarope de extrato e folhas de coca, cafeína e água. Não é exatamente cocaína, claro, mas não deixa de fazer certo sentido.

A receita original do refrigerante, lançada em 1886, era vendida como um tônico usado para problemas de saúde. A receita em questão durou 17 anos. Em 1903, a empresa substituiu a planta por cafeína, e folhas de coca somente como aromatizantes.

A parte mais louca da história é que, apesar de ser uma clara brincadeira, ninguém duvidaria se, como quem não quer nada, o bilionário sul-africano tratasse de expandir seus negócios também ao ramo de bebidas. Se ele conseguiria retomar a receita original do refrigerante, bem, aí é outra história.