Em um mundo cheio de jogos MOBA (Multiplayer Online Battle Arena) viciantes e extremamente populares, uma das grandes coisas que torna Pokémon Unite, da TiMi Studio Group, tão atraente é como ele parece simples… bem, pelo menos no início.

Cada partida de Pokémon Unite reúne os aspectos principais de uma batalha Pokémon em algo que, de longe, se parece muito com um jogo de basquete confuso. Duas equipes de Pokémon se enfrentam enquanto tentam nocautear um ao outro — e, ao mesmo tempo, lançar esferas brilhantes nos aros de cada lado da arena.

Quando você começa a jogar, as batalhas geralmente são meio caóticas, a ponto de não parecer haver muita rima ou razão para vencer — além de apertar botões e rezar por golpes críticos. Mas, à medida que você continua o jogo e fica mais confortável com sua lista cada vez maior de monstros de diferentes gerações, fica muito mais fácil ver como a verdadeira chave para vencer partidas é entender seus próprios companheiros de equipe e como eles enxergam o jogo.

Ao contrário da maioria dos jogos da franquia, que foram construídos em torno de narrativas para um único jogador (perfeitas para o modo solo offline), o Unite foi projetado para buscar um espaço no cenário competitivo on-line. Grupos de três a cinco pessoas se unem aleatoriamente — ou formando times usando códigos especiais.

Há uma série de pequenos ajustes que você pode fazer em seus monstrinhos para torná-los mais fortes, como equipá-los com itens que fortalecem seu ataque, por exemplo. Mas, como o título do jogo sugere, raramente um jogador consegue levar uma partida totalmente à vitória sozinho. Não importa quanto você se prepara, o que tende a determinar quem ganha e quem perde as rodadas é o grau em que as equipes se comunicam e se coordenam para apoiar umas às outras enquanto esmagam seus oponentes.

Screenshot: TiMi Studio Group

Seja usando o sistema aleatório de busca do Unite ou trabalhando em conjunto com um grupo de amigos, o jogo exige que as pessoas escolham entre uma seleção específica de monstros. Em cada partida, cada equipe pode ter apenas um Pokémon de cada tipo. Cada criatura tem seus pontos fortes e fracos que influenciam o tipo de papel que deve desempenhar em uma equipe. Há os atacantes, defensores ou os mais versáteis, que podem fazer um pouco de tudo. Quanto mais você joga Pokémon Unite , mais percebe que as categorizações do jogo para diferentes monstros são, na verdade, mais sugestões do que regras rígidas. Cada criatura, afinal, é capaz de marcar pontos da sua própria maneira.

Cinderace — Pokémon tipo fogo da região de Galar que é inspirado em jogadores de futebol — pode ser ofensivo com sua velocidade e agilidade. Já o Blastoise é projetado para proteger seus companheiros de ataques. Sua habilidade de convocar ondas enormes, no entanto, é surpreendentemente eficaz em oprimir inimigos desavisados ​​até que eles se afoguem e sejam mandados de volta para sua base. Você aprende essas coisas à medida que avança pelas várias classificações do Pokémon Unite, enquanto experimenta truques que outras equipes desenvolveram para neutralizar os adversários.

A medida que você aprende, certos pedaços da arena se tornam quase sempre armadilhas onde o outro time está escondido. E aí você começa a entender a importância e as limitações do sistema de comunicação básico do jogo. Momentos antes do início das partidas, você tem apenas alguns segundos para escolher um personagem e armas, bem como informar seus companheiros de equipe em qual seção da arena você pretende se concentrar e como planeja jogar. A Nintendo é famosa por tornar difícil a comunicação por meio de seus vários jogos online e Pokémon Unite não é exceção. Na maior parte, “falar” se limita a selecionar frases prontas. Mas é importante entender como é crucial usar essas frases e outros tipos de comunicação quando você começa a levar o jogo a sério.

Screenshot: TiMi Studio Group

Deixar seus companheiros de equipe saberem qual caminho pela arena você deseja seguir é apenas o começo da conversa que cada jogador deve ter enquanto corre para defender seus objetivos no início de uma partida. Depois que as duas equipes se encontram e começam a lutar, a ação é a forma mais poderosa de comunicação com a qual os jogadores devem confiar, porque são seus movimentos que muitas vezes acabam avisando aos seus companheiros de equipe que tipo de lutador você é.

Existem certos padrões de jogo que se tornam óbvios à medida que você se familiariza. É muito gratificante quando, nos primeiros minutos de uma partida, você pode ver que os companheiros de equipe com quem você anda estão todos na mesma sintonia. Pontuar é importante, sim, mas também evoluir de level para se tornar mais forte também é fundamental. E a maneira mais eficaz de fazer isso é coordenando os ataques aos monstros que vagam pela área. Quando os jogadores estão sincronizados uns com os outros, eles podem facilmente limpar o campo de Pokémon selvagens, roubando de seus oponentes os pontos de experiência tão necessários e tornando mais difícil que eles revidem.

Jogadores que acabam “desmaiando” ao longo de uma rodada são obrigados a voltar para sua base e esperar antes de entrar novamente no campo de batalha. Mas é preciso garantir, usando a estratégia, que enquanto há um desmaiado, outro companheiro de equipe em campo se desloque para defender os gols vulneráveis.

Por mais que Pokémon Unite seja um jogo de luta, a necessidade de considerar a estratégia é inegável, especialmente à medida que as partidas ficam mais intensas e a diferença entre a vida e a morte são apenas alguns pixels da barra de vida. Correr de volta para a base, onde é seguro se recuperar, pode ser extremamente estressante e preocupante. Mas essa tarefa se torna mais simples quando há um colega de equipe ao seu lado usando o corpo como escudo para manter sua barra de saúde intacta (ou quase isso) durante a fuga.

Assine a newsletter do Gizmodo

É fascinante e aterrorizante testemunhar um time adversário executando um ataque coordenado. Isso ilustra o poder que os jogadores do Pokémon Unite têm quando eles realmente juntam suas energias para vencer. Há poucas coisas mais frustrantes do que correr para uma batalha onde quase todos em sua equipe estão lutando desesperadamente pela vitória e ver um (ou dois) jogadores vagando sem rumo — como se o jogo não fosse uma competição.

Screenshot: TiMi Studio Group

Pokémon Unite tem um sistema próprio projetado para penalizar usuários que tentam arruinar as coisas de propósito ou tirar vantagem de outras pessoas. No calor do momento, porém, há pouco que você possa fazer para que seus companheiros saibam que você precisa deles além de pedir ajuda. Como é o caso com todos os jogos MOBA, há partidas do Pokémon Unite que você perderá por razões que estão além do seu controle — como quando todos da sua equipe votam para desistir simplesmente porque as coisas ficaram um pouco difíceis por alguns segundos, e a vitória pareceu impossível. Para manter a fé no jogo, no entanto, e buscar uma mudança nos últimos minutos, todos em sua equipe precisam decidir não jogar a toalha e, com um pouco de sorte e coragem, traçar estratégias para a vitória.

Pokémon Unite está disponível no Nintendo Switch e para celulares Android e iOS.