Ciência

Entenda como seu celular provoca ataques de crocodilos na Indonésia

Ataques de crocodilos acontecem principalmente nas ilhas de Bangka Belitung. Nos últimos 10 anos, mais de 1.000 ataques ocorreram no país
Imagem: Marineland Melanesia Crocodile Habitat/Reprodução

Os smartphones são essenciais para o nosso dia a dia. Servindo para entretenimento, mas também para trabalho e para socializar. Mas já parou para pensar que o celular pode estar ligado ao aumento de ataques de crocodilos na Indonésia?

whatsapp invite banner

CELULAR 5G POR MENOS DE MIL
Moto G34 5G 8GB RAM Boost* 128GB
R$ 939

É um pouco estranho pensar nisso, mas a história não é tão complexa assim. Os smartphones precisam de estanho, um metal não-ferroso, raramente encontrado na forma pura, para funcionarem. Acontece que, muitas vezes, ele é extraído ilegalmente na Indonésia. E, quando as minas ilegais de estanho são abandonadas, elas ficam cheias de água.

Aí é que os crododilos entram na história. Eles chegam por cursos de água próximos, em busca de alimento, e acabam atacando humanos que vivem nas proximidades das ex-minas ilegais de estanho.

Capital mundial dos ataques de crocodilos

O resultado é um aumento dramático nos ataques de crocodilos. O país já registrou mais de 1.000 ataques entre 2013 até 2023, resultando em 486 mortes.

Esses ataques acontecem principalmente nas ilhas de Bangka Belitung, onde a mineração de estanho é mais intensa. Isso fez as ilhas se tornarem conhecidas como “capitais mundiais dos ataques de crocodilos”.

Muitos do episódios mortais envolvem crocodilos-de-água-salgada, uma espécie que pode medir quase 7 metros e pesar 1 tonelada.

O crocodilo-de-água-salgada é um animal exclusivamente carnívoro. Enquanto o jovem animal alimenta-se de insetos, algumas espécies de crustáceos, anfíbios e pequenos peixes, os adultos focam em presas de maior porte, como tartarugas, búfalos, macacos e outros animais que consegue apanhar.

Normalmente, o animal caça as presas quando elas se deslocam para beber dos rios e são mortas com uma única dentada. Após a morte, o crocodilo normalmente consome a carcaça no fundo do rio.

A mineração ilegal agrava a situação, pois não apenas cria novos habitats para os crocodilos, mas também os empurra para mais perto das comunidades humanas.

Além disso, os mineiros, por sua vez, enfrentam perigos significativos, com cerca de 150 mortes anuais devido a acidentes, incluindo os ataques de crocodilos. Este cenário destaca a complexa interconexão entre o consumo tecnológico e o meio ambiente natural.

O Giz Brasil pode ganhar comissão sobre as vendas. Os preços são obtidos automaticamente por meio de uma API e podem estar defasados em relação à Amazon.
Gabriel Andrade

Gabriel Andrade

Jornalista que cobre ciência, economia e tudo mais. Já passou por veículos como Poder360, Carta Capital e Yahoo.

fique por dentro
das novidades giz Inscreva-se agora para receber em primeira mão todas as notícias sobre tecnologia, ciência e cultura, reviews e comparativos exclusivos de produtos, além de descontos imperdíveis em ofertas exclusivas