A impressão 3D produziu coisas incríveis ao longo dos anos, desde pequenas naves espaciais e canhões de pulso que disparam doces a casas inteiras e equipamentos de proteção pessoal. Mas, embora algumas criações tenham sido absolutamente péssimas (sim, estou falando da escova de língua), este arco de segurança feito para ajudar uma cadelinha idosa a se locomover é a ideia mais útil que poderia existir.

O designer amador Chad Lalande fez o dispositivo usando uma impressora Creality Ender 5 3D+ para impedir que sua cadelinha da raça lulu da pomerânia, de 18 anos e cega, Sienna, batesse acidentalmente em paredes e batentes de portas.

“Eu vi uma necessidade e comecei a pensar em como atendê-la”, disse Lalande ao Gizmodo por e-mail.

No design criado por ele, a cabeça do seu animal de estimação passa pelo aro central, que é cercado por um aro maior mantido no lugar por um braço na parte de cima. O resto do dispositivo fica na parte de trás do seu bichinho e tem três buracos para prendê-lo à coleira.

Lalande disse que esta não é a primeira vez que ele cria dispositivos de assistência para cães. Houve um tempo em que o cachorro de sua irmã começou a ter dificuldades para andar, se esforçando tanto para levantar os pés que muitas vezes tropeçava neles. Lalande fez um par de botas que se prendiam ao colete do cão por meio de elásticos para dar uma ajudinha extra a cada passo. O cão de estimação de seu pai também começou a ter alguns problemas de mobilidade, então Lalande construiu uma cadeira de rodas improvisada com o colete do animal e hastes de alumínio para ajudá-lo a se locomover com mais facilidade.

Já existem alguns aros anticolisão para animais de estimação no mercado, mas eles podem ser caros e as opções podem ser limitadas para um cão do tamanho miniatura de Sienna. Além disso, Sienna odeia qualquer coisa que passe perto de sua cabeça, de acordo com Lalande, então ele sabia que usar algum tipo de dispositivo montado na cabeça estava fora de questão.

Usar uma impressora 3D como a que ele comprou nas festas de fim de ano torna a criação de seus projetos muito menos trabalhosa, disse ele. Ele passou por seis versões do arco de segurança de Sienna enquanto tentava acertar o design, que desenvolveu usando os softwares LightWave 3D e Cura. As primeiras eram estreitas demais para impedi-la de enfiar a cabeça nas laterais do aro e esbarrar nas coisas. Então, ele alargou e alongou o arco para que ela ainda pudesse mover a cabeça livremente enquanto permanecia protegida por todos os lados. Dessa vez, porém, o arco ficou tão grande que começou a tombar para um lado quando ela corria.

Lalande, que compartilhava seu processo de design online, disse que um colega de um grupo de impressão 3D do Facebook deu a ele a ideia de colocar um braço por cima do aro para ajudar a segurá-lo. Essa solução também ajudaria a evitar outro problema que ele encontrou: Sienna conseguia enfiar a frente do aro debaixo das portas e ficava presa.

Você pode ver a evolução do design na sequência das versões um a cinco abaixo.

Foto: Chad Lalande

O produto finalizado com sucesso evita que Sienna esbarre nas coisas, ao mesmo tempo em que permite que ela se movimente como quiser. A única desvantagem é que funciona um pouco bem demais – ela não consegue chegar à tigela de comida ou água com o arco de segurança, então ele precisa ser retirado periodicamente ao longo do dia, disse Lalande. Ah, e o veredito final ainda não foi decidido no que diz respeito à própria Sienna.

“Sienna ainda está se acostumando a usá-lo, mas agora reclama menos”, disse Lalande. “Ela tem 18 anos, então pode não viver por muito mais tempo, mas se eu puder deixá-la mais confortável no tempo que ela tem, melhor ainda.”

Como foi feito pensando em um animal de estimação pequeno, o design pode não ser dimensionado corretamente para animais maiores, ele avisou, e também advertiu que “assim como a maioria das coisas para animais, a supervisão é uma obrigação!”

Você pode encontrar o design final aqui no Thingiverse se estiver interessado em imprimir um para seu animal de estimação.