Um grande escudo de metal, feito para conter o resíduo radioativo do reator nuclear danificado de Chernobyl, finalmente será instalado no local.

• Chernobyl pode virar usina solar 30 anos após acidente nuclear
• Esta enorme estrutura de aço vai sepultar o Reator 4 de Chernobyl

Funcionários começaram a mover o escudo e colocá-lo onde aconteceu o acidente nuclear mais letal do mundo. Chamado “New Safe Confinement”, o compartimento irá impedir que mais material radioativo vaze do reator danificado durante o próximo século. O ministro do meio ambiente da Ucrânia, Ostap Semerak, descreveu o início da fase final de construção como um passo histórico.

No dia 26 de abril de 1986, o reator número quatro da usina de Chernobyl sofreu um derretimento catastrófico, emitindo grandes nuvens de fumaça radioativa para a atmosfera. Mais de 30 funcionários morreram imediatamente, e nos meses e anos seguintes, um número desconhecido de pessoas sofreu diversos problemas de saúde relacionados com a radiação.

chernobyl-compartimento-2

Pouco depois do acidente, o edifício do reator danificado foi cercado por um grande escudo feito de concreto. Especialistas começaram a temer que o sarcófago construído precipitadamente começasse a degradar e entrar em colapso, possivelmente liberando mais material radioativo. Para contornar o problema, um novo escuto foi feito para prevenir novos vazamentos, e para permitir a demolição parcial da velha estrutura no futuro.

O novo escudo contra radiação é feito de aço resistente à corrosão e mede 108 metros de altura por 275 metros de largura. O sarcófago custou US$ 1,6 bilhão e foi financiado principalmente pelo Banco Europeu para a Reconstrução e o Desenvolvimento (ERBD, na sigla em inglês).

A construção começou há quatro anos e agora entra em sua fase final. A estrutura está sendo levada até o local por um sistema de macacos hidráulicos. O ERBD diz que o arco é a maior estrutura terrestre móvel já construída e um dos projetos mais ambiciosos da história da engenharia. Se tudo ocorrer como planejado, a cúpula deve ser instalada no dia 29 de novembro.

[Deutsche Welle, BBC]

Fotos por Tim Porter/Wikimedia