Tecnologia

Esta empresa brasileira “criou” 29 bilionários da lista da Forbes; confira quem são

O principal ponto que faz a empresa "levar" tantos bilionários para a Forbes é que a companhia ainda está na mão dos herdeiros dos criadores
Imagem: WEG/Divulgação

A nova lista de bilionários da revista Forbes sempre gera muitas análises e pesquisas sobre a vida dos ricaços. Um fato que chamou atenção de muitos é a quantidade de integrantes que fazem parte de uma mesma empresa. Acompanhe abaixo!

whatsapp invite banner

Ao todo, são 29 super ricos que fazem parte da companhia brasileira WEG. Com sede em Jaraguá do Sul (SC), a empresa foi a que mais colocou bilionários na lista da Forbes.

Fundada em 1961 pelos sócios Werner Ricardo Voigt, Eggon João da Silva e Geraldo Werninghaus – daí o nome WEG – a empresa é uma das maiores fabricantes de equipamentos elétricos do mundo.

O principal ponto que faz a empresa “levar” tantos bilionários para a Forbes é que a companhia ainda está na mão dos herdeiros dos criadores. Diferente de gigantes que já não estão mais com a família dos criadores, a WEG mantem a divisão de de “empresa familiar”.

Como a empresa surgiu

Produzindo inicialmente motores elétricos, a WEG ampliou suas atividades a partir da década de 80, com a produção de componentes eletroeletrônicos, produtos para automação industrial, transformadores de força e distribuição, tintas líquidas e em pó e vernizes eletroisolantes.

A empresa se consolidou não só como fabricante de motores, mas como fornecedora de sistemas elétricos industriais completos. Além disso, o trabalho da companhia é reconhecido no mundo todo. A empresa chegou a ser escolhida pelo Elon Musk para parceria com a SpaceX.

Por fim, somente em 2022, a empresa faturou quase R$ 30 bilhões e possui filiais em 37 países.

Quem são os bilionários da WEG e qual seu patrimônio

  • Anne Werninghaus: R$ 6,23 bilhões
  • Dora Voigt de Assis: R$ 4,5 bilhões
  • Lívia Voigt: R$: R$ 4,5 bilhões
  • Eduardo Voigt Schwartz: R$ 4,4 bilhões
  • Mariana Voigt Schwartz Gomes: R$ 4,4 bilhões
  • Mariana Werninghaus de Carvalho R$: 3,6 bilhões
  • Ricardo Werninghaus: R$ 3,6 bilhões
  • Daniel Ricardo Behnke: R$ 3,1 bilhões
  • Davi Ricardo Behnke: R$ 3,1 bilhões
  • Eduardo Werninghaus: R$ 3,1 bilhões
  • Luisa Werninghaus Bernoldi: R$ 3,1 bilhões
  • Felipe Voigt Trejes: R$ 3,1 bilhões
  • Pedro Voigt Trejes: R$ 3,1 bilhões
  • Amelie Voigt Trejes: R$ 2,9 bilhões
  • Miriam Voigt Schwartz: R$ 2,6 bilhões
  • Bruna da Silva Bartsch Langsch: R$ 2,5 bilhões
  • Joana Zimmermann da Silva: R$ 2,5 bilhões
  • Paula da Silva Janssen: R$ 2,5 bilhões
  • Renata da Silva Janssen Decker: R$ 2,5 bilhões
  • Ricardo Bartsch Filho: R$ 2,5 bilhões
  • Zaira Zimmermann da Silva: R$ 2,5 bilhões
  • Cladis Voigt Trejes: R$ 2,1 bilhões
  • Valsi Voigt: R$ 2,1 bilhões
  • Alberto da Silva Geffert: R$ 1,9 bilhão
  • Julia da Silva Geffert de Oliveira: R$ 1,9 bilhão
  • Ana Flávia da Silva Petry: R$ 1,6 bilhão
  • Helena Marina da Silva Petry: R$ 1,6 bilhão

Assine a newsletter do Giz Brasil

Gabriel Andrade

Gabriel Andrade

Jornalista que cobre ciência, economia e tudo mais. Já passou por veículos como Poder360, Carta Capital e Yahoo.

fique por dentro
das novidades giz Inscreva-se agora para receber em primeira mão todas as notícias sobre tecnologia, ciência e cultura, reviews e comparativos exclusivos de produtos, além de descontos imperdíveis em ofertas exclusivas