Me impressiona os altos e baixos envolvendo drones nos últimos anos. No entanto, até hoje, eu nunca tive muito interesse em comprar um. Não preciso de tirar fotos aéreas e por mim tudo bem deixar essas corridas de drones com pistas de neon apenas para profissionais. E que tal um guarda-chuva que segue você de modo autônomo durante a chuva? Este é o tipo de tecnologia que eu usaria.

Novo sistema de segurança para drones interrompe hélice antes de decepar seus dedos
Show de luzes com 1.218 drones da Intel bate recorde mundial nas Olimpíadas de Inverno

Uma empresa japonesa, a Asahi Power Services, acredita que há um grande mercado para guarda-chuvas autônomos, não só como uma forma para você usar seu telefone durante a chuva, mas também como uma forma de se proteger do sol. Chamado de Free Parasol, o protótipo usa uma câmera e inteligência artificial para registrar, monitorar e seguir de modo autônomo a cabeça do usuário. Ele usa a mesma tecnologia que já está sendo usada em drones autônomos, como o Skydio R1, então o conceito não é totalmente novo, mas podemos adiantar que existem alguns problemas de design a serem superados antes de você andar com um drone voador sobre sua cabeça por aí.

Os protótipos do Free Parasol pesam quase 5 kg e têm um tempo de voo de apenas 20 minutos. Seu trajeto para o trabalho pode ser maior que isso, mas os designers do guarda-chuva estão confiantes que podem reduzir o peso em 1 kg e aumentar o tempo de voo em pelo menos uma hora. Isso vai certamente depender do clima. As condições, por exemplo, poderiam exigir mais do drone se tiver chovendo e estiver ventando bastante.

O Free Parasol deve ser disponibilizado em 2019, o que parece uma previsão otimista, e será vendido por cerca de US$ 275. E com esse custo, ele não é o guarda-chuva mais caro que você pode comprar, mas que definitivamente você não vai querer esquecê-lo no metrô, embora esse gadget possa em algum dia te perseguir de forma autônoma quando for esquecido em algum local.

[YouTube via SoraNews24]