Os robôs que lutam entre si no filme Gigantes de Aço, estrelando Hugh Jackman, têm muita cara de efeito especial para me deixarem entusiasmado com a ideia de pugilistas programados lutando até a morte. Mas estes braços robóticos gigantes e operados à distância são, sem dúvida, o futuro do combate televisado. E provavelmente são úteis para fazer trabalho de verdade também.

Construídos pela empresa americana de robótica Raytheon-Sarcos, os braços enormes são presos a um carregador compacto da Ditch Witch, tornando-os completamente móveis. Então eles são controlados por um operador humano que fica preso ao que chama de sistema Waldo. Os movimentos do ombro, cotovelo, pulso e mãos do operador são transferidos para os braços robóticos em tempo real, e não exigem qualquer treinamento prévio. E o equipamento até permite saber, através de force feedback, quando o braço pega algo mais pesado que o normal, ou quando tenta mover algo imóvel.

Infelizmente, a imaginação limitada dos engenheiros que construíram os braços sugere apenas que estes braços serão usados em condições de trabalho perigosas, ou mesmo operados remotamente em lugares inóspitos para humanos. Mas eu prevejo que não vai demorar muito até dois braços assim começarem a brigar em um beco à noite. [KSL News Utah via Geekologie]