O diretor do Firefox, Mike Beltzner, confirmou que o Firefox 4, esperado para o final deste ano com suporte a HTML5, multitoque, extensões que não requerem reinicialização e outras novidades, foi atrasado para o início do ano que vem. O Firefox 4 está "demorando mais do que as estimativas iniciais indicavam, à medida que rastreamos regressões e fontes de instabilidade. Como parte do nosso comprometimento aos usuários da versão beta, nós não iremos lançar o software antes que esteja pronto". [Firefox via Mashable]