O gabinete antipornografia do governo chinês anunciou no início deste mês que serviços de streaming de vídeo no país precisavam “limpar profundamente conteúdo ASMR vulgar e pornográfico”. E, embora a agência tenha pedido uma repressão especificamente em conteúdos que sejam “vulgares” ou sexuais em natureza, muitos dos principais sites de hospedagem de vídeos da China eliminaram todos os vídeos de ASMR, pornográficos ou não.

• Smartphone chinês sem bordas supera o “chifre na tela” com um slide esperto para esconder as câmeras
• China empregará chips de identificação em carros para governo monitorar cidadãos em estradas

O ASMR, que significa “resposta meridiana sensorial autônoma”, se tornou uma espécie de fenômeno na internet nos últimos anos. O gênero de vídeos apresenta sons suaves projetados para acalmar os ouvintes. Embora parte do conteúdo em ASMR seja inerentemente erótico, existe uma grande porção desses vídeos que sequer é sugestiva. Um estudo sobre o fenômeno, publicado em março de 2015, indicou que apenas 5% dos participantes diziam ter usado o ASMR para “estimulação sexual”, com 82% relatando ter usado como uma ajuda para dormir e 70% o utilizando para aliviar o estresse.

Em vez de eliminar apenas vídeos sexualmente sugestivos, como parecia ser a intenção da força-tarefa antipornô da China, os serviços de vídeo excluíram todos eles. Se você busca por “ASMR” em plataformas como Youku, Bilibili e Douyu, não aparece nenhum resultado. O Inkstone News noticiou que, quando você busca “ASMR” no site chinês MissEvan, os resultados não podem ser mostrados porque podem “envolver conteúdo que viola leis, regulações e políticas relevantes”.

“O ASMR foi banido???? Agora é considerado sexual comer alguma coisa? Como é que eu vou dormir agora”, escreveu um usuário na rede social chinesa Weibo, no domingo (17), segundo o The Verge.

Entretanto, parece que talvez já exista uma maneira de contornar a proibição de ASMR no país. Como apontou o Inkstone, usuários talvez consigam burlar o banimento acrescentando um espaço entre ASM e R. Existem também vários vídeos de ASMR em uma página do Weibo dedicada ao subgênero.

[The Verge]

Imagem do topo: Captura de tela/YouTube