Você está sendo assombrado por um tédio repentino? Preocupado com a infraestrutura desmoronando? Permita-me mitigar levemente seus problemas ao revelar algumas lindas imagens de Júpiter. Elas não vão resolver nada, mas podem ajudar você a seguir com o seu dia sem gritar com estranhos ou chutar lixeiras por aí.

• Astrônomo questiona se procuramos o bastante por sinais de vida alienígena extinta
• Cassini faz segundo mergulho de sua missão final, e as imagens parecem só melhorar

A estonteante imagem com a cor melhorada acima, que estava em um release da NASA lançado nesta sexta-feira, é baseado em uma foto do polo sul de Júpiter capturada pela sonda Juno em 11 de dezembro de 2016. A câmera de cientistas cidadãos de Juno tem tirado lindas fotos do gigante gasoso desde que foi à órbita ao redor do planeta em Julho. As imagens são então lançadas para o público, que tem as transformado em peças ainda mais magníficas de arte espacial.

Aqui vai mais uma:

jfw8hh9pteyprwh3846w

Imagem: arudelife/Juno Cam/NASA

E mais uma:

puh67dqbdgv9m6nl2bke

Imagem: NASA / JPL-Caltech / SwRI / MSSS / Roman Tkachenko

E MAIS UMA:

f6eb3fefwmkmacc37f5p

Imagem: Liroma-52/Juno Cam

Ok, sério, olha isso aqui:

g7rpixy1wpvseeleuxhf

Imagem: NASA/Juno Cam/Craig Sparks

Além de ser uma fonte infinita de belas imagens, Júpiter tem várias coisas interessantes. Semana passada, participantes da European Geosciences Union receberam algumas atualizações da espaçonave Juno, incluindo detalhes do estranho ambiente de amônia do planeta e seu campo magnético, de acordo com um relatório da New Scientist. O campo, já considerado o maior “objeto” do nosso sistema solar, é mais estranho e forte do que esperávamos, aparentemente. Quem diria?

Certamente, Júpiter está escondendo muitos mais mistérios sob seu lindo e estranho exterior. Nós aprendemos aprender mais com a Juno.

[NASA, New Scientist]