Enquanto abríamos nossos presentes na manhã de Natal, Pequim atravessava sua pior poluição do ano.

>>> Fotos mostram como a China está coberta por uma névoa densa e perigosa



Níveis de concentração do poluente PM 2.5 superaram os 620 microgramas por metro cúbico na manhã do dia 25, de acordo com a embaixada dos EUA na China. Isso foi o suficiente para forçar o aeroporto da cidade a cancelar 227 voos devido a visibilidade limitada. Os níveis caíram para 500 microgramas durante a tarde.

Infelizmente, não é um caso isolado nem em Pequim e nem na China, que atravessa um “arpocalípse” que chegou a níveis extremos em 2015, o que resultou no fechamento de escolar e proibição de carros. A China respondeu com planos para fechar usinas de carvão, mas só o tempo dirá se o governo local vai colocar a saúde pública acima do crescimento do PIB.

poluicao-china-2

Na galeria abaixo, é possível ver algumas imagens do início de dezembro.

 

Crédito das imagens: AP