O malware está (possivelmente) chegando… se você tiver pirateado Game of Thrones

Relatório da Kaspersky mostra que, dentre usuários infectados por download de séries pirateadas, aqueles que baixaram Game of Thrones foram os mais afetados

HBO

Uma das séries de TV mais pirateadas pode ser também a mais propensa a dar aos baixadores não autorizados um belo de um malware.

Na segunda-feira (1º), a empresa de segurança Kaspersky divulgou um novo relatório sobre o uso de séries de TV populares por golpistas para espalhar malware. O documento mostra a probabilidade dos principais programas pirateados de infectar computadores.

Os resultados da Kaspersky mostram que Game of Thrones é a série mais arriscada de se piratear, seguida por The Walking Dead e Arrow. Outros programas perigosos incluem Suits, Vikings, The Big Bang Theory, Supernatural, Grey’s Anatomy e This Is Us.

Em 2018, os downloads piratas de Game of Thrones supostamente foram responsáveis por 17% dos downloads infectados — 20.934 usuários —, mesmo com a série sequer lançando novos episódios em 2018. O primeiro e o último episódio de cada temporada eram os mais propensos a conter malware. E o primeiro episódio da série, “O Inverno Está Chegando”, é o mais perigoso de todos.

A Kaspersky encontrou 33 tipos de ameaças ligadas aos downloads piratas de Game of Thrones.

Claro, a melhor maneira de evitar infecção é assistindo a uma série por meio de um serviço de streaming autorizado. Entretanto, se você for piratear, a Kaspersky recomenda que você esteja atento na hora de fazer seu download — cheque se o site é legítimo antes de baixar dele; verifique se a URL e a grafia estão corretas para se assegurar de que não é falso; certifique-se de que o arquivo não termina em “.exe”; e confira os comentários sobre o arquivo baixado para ter certeza de que ele é ligado à série.

A Kaspersky aponta que o número de pessoas afetadas por malwares em arquivos de séries de TV no ano passado foi de 126.340 — um terço a menor que o número de pessoas afetadas em 2017. Mas a empresa espera “uma nova onda de atividade maliciosa acompanhando o lançamento da temporada final de Game of Thrones, em abril de 2019″.

[Kaspersky via Torrent Freak]

Sair da versão mobile