Você já brincou com seus colegas de trabalho sobre comprar algo bizarro para o escritório? Talvez não, mas se você trabalha no Google, melhor começar – eles podem realizar sua ideia, mesmo que custe caro!

É exatamente isso que o Google fez esta semana na Austrália. Graças ao pedido estranho de um engenheiro, a gigante das buscas acaba de instalar dois vagões do Sydney Monorail – que foi desativado este ano – em seus escritórios na cidade.

Só para ficar claro: esses vagões não percorrem o escritório levando nerds de um lado para outro. Na verdade, eles serão usados como salas de reuniões, com televisão e ar condicionado.

google monorail 2

Foi assim que tudo começou. Paul Cowan, engenheiro do Google, fez uma sugestão para a equipe de instalações internas: construir um monotrilho para os funcionários chegarem mais facilmente aos diferentes escritórios do Google, espalhados em um subúrbio de Sydney. Um membro da equipe respondeu e, em detalhe, explicou por que isso era uma ideia ruim.

Por isso Cowan ficou surpreso quando, seis meses depois, o mesmo membro da equipe o chamou para uma reunião em um ferro-velho perto do aeroporto – o Google havia comprado dois vagões antigos do monotrilho. Nesta semana, eles foram levados ao edifício do Google; segundo estimativas do Sydney Morning Herald, só o transporte e instalação custaram US$ 250.000.

Isso parece mais um esforço de marketing, em que o Google faz absurdos para provar que é uma empresa bacana. Por outro lado, é realmente muito bacana que o Google esteja usando vagões do monotrilho; senão, eles só iriam apodrecer no ferro-velho pelos próximos 100 anos. E com isso, a empresa também está fornecendo dinheiro para o governo local.

Faz sentido prático? Provavelmente não. Esses vagões do monotrilho são claramente grandes demais para caber no prédio: aparentemente, havia apenas 20 centímetros de folga quando eles foram inseridos pela janela. Também parece que eles são muito pequenos para serem salas de reunião confortáveis​​. Mas ele deixaram pelo menos um engenheiro contente, e é isso que importa. [Sydney Morning Herald via The Next Web]

google monorail 3

Imagens por Paul Cowan e Benjamin Hyneck