O novo Project Tango, do Google, é um smartphone experimental que será distribuído a 200 desenvolvedores sortudos no mês que vem. Ele conta com visão parecida com o Kinect e um chipset revolucionário para ajudar a processar o que ele vê, permitindo que smartphones vejam o mundo de uma forma completamente nova. Como um Kinect bastante sofisticado para o seu smartphone. É bem louco.

Project Tango é uma experiência

Assim como o projeto de smartphone modular do Google e da Motrola, o Project Ara, o Project Tango vem do grupo Advanced Technology and Projects, uma parte da Motorola que não foi vendida pelo Google à Lenovo. O Tango é comandado por Johnny Lee, um antigo pesquisador da Microsoft que esteve por trás do desenvolvimento do Kinect.

Entranhas que podem ver melhor

19gaq1opuusk1png

O Porject Tango é um smartphone de cinco polegadas, mas o que o diferencia é o seu chipset único para processamento visual. Desenvolvido pela startup Movidius, o Myriad 1 é a primeira implementação da tecnologia de processamento visual da empresa. O hardware é totalmente proprietário, do layout do silício, passando pelo conjunto de instruções, até a plataforma de software em que foi construído. Basicamente, o Myriad 1 é capaz de um processamento muito mais complexo do que o chip padrão do seu smartphone. Nas palavras do CEO Remi El-Ouazzane, o objetivo é “extrair inteligência a partir de uma cena.”

Em outras palavras, o objetivo é criar um processador que não apenas vê com profundidade e espaço, mas também objetos e contexto. Como El-Ouazzane aponta, este processamento visual de alto nível já foi atingido computacionalmente antes, então o que faz o chipset da Movidius interessante é o tamanho 8mm x 8mm.

Claro, todo esse poder exige mais do que o conjunto padrão de giroscópio, bússola e acelerômetros. De acordo com o Google, o Project Tango terá uma câmera de profundidade como o Kinect, uma câmera de detecção de movimentos, e dois processadores de visão. Nós sabemos que ao menos um é da Movidius. E o outro?

Qual o objetivo do Project Tango?

19gar24tdhz2zjpg

Apesar de todas as alegações da Movidius sobre o potencial do seu chipset, o Google parece mais interessado em alavancar o chipset para ser usado com aplicativos de mapeamento sofisticados. De acordo com o que o Google nos disse antes do anúncio, o Project Tango é um “dispositivo móvel que entende o espaço e o movimento usando software e hardware customizados”, enquanto simultaneamente pega as informações e usa para criar mapas 3D.

Para isso, os sensores do dispositivo capturam e processam posição, orientação e dados de profundidade em tempo real em um único modelo 3D. Estes dados estarão disponíveis via API que será colocada em apps para Android. Os sensores on-board capturam “quase um quarto de milhão” de medidas 3D a cada segundo.

De acordo com o Google ATAP, o Google quer ver o que as pessoas querem fazer com ele, mas a empresa oferecerá guias para as aplicações nas quais ele será útil, como por exemplo “E se as direções para um lugar não me levarem ao endereço exato”, ou e se você pudesse simplesmente andar em uma sala para aprender as suas dimensões antes de sair para comprar móveis?

“Telefones móveis hoje assumem que o mundo físico se encerra nos limites da tela”, diz Johnny Lee no vídeo de demonstração acima. “Nosso objetivo é dar aos dispositivos móveis uma escala humana de entendimento de espaço e movimento.”

Ah, e se você por algum motivo se preocupa com privacidade, bem, isso não vai ajudar em nada.

Como posso conseguir um?

Os primeiros 200 serão distribuídos apenas para desenvolvedores. Se você estiver interessado, precisará preencher um formulário. Eles serão enviados a partir de 14 de março. [Project Tango]