O Google está sempre mexendo em alguma coisa, mas os últimos rumores sugerem que a gravação nativa de chamadas e as traduções em tempo real estão a caminho. Ah, e parece que os dois recursos também permitirão transcrições.

Há duas semanas, o lançamento do Google Phone 43 continha um código que indicava a capacidade de gravar chamadas telefônicas. Agora, parece que o lançamento do Google Phone 44 também contém um código que indica que você pode transcrever chamadas gravadas. O código foi detectado inicialmente pelo XDA Developers, que foi capaz de ativar e testar o recurso.

A gravação de chamadas, embora imensamente útil, apresenta algumas questões legais complicadas – pense em todas as vezes em que você ligou para algum serviço de suporte ao cliente e a voz automatizada informou que sua chamada poderia ser gravada.

De acordo com o XDA Developers, parece que o novo recurso de gravação de chamadas incluirá um pop-up de isenção de responsabilidade indicando que a pessoa que está ligando pode precisar obter permissão para gravar chamadas, conforme estabelecido pela lei em alguns lugares. Uma voz automatizada também anunciará sempre que as gravações começarem ou terminarem. Quanto à transcrição, o 9to5 Google detectou uma única linha de código que indica que as chamadas gravadas podem ser usadas para criar transcrições.

Você pode assistir a um vídeo do novo recurso de gravação de chamadas do 9to5 Google abaixo.

O Google introduziu sua primeira tecnologia de transcrição em tempo real através do aplicativo Recorder quando anunciou o Pixel 4 no ano passado. Embora não seja perfeito – não falar de forma clara ou usar muitas gírias ou jargões pode não funcionar – é uma ferramenta útil para quem já teve que passar por longas chamadas, palestras, reuniões ou entrevistas.

Nesse sentido, no início desta semana, o Google também deu uma demonstração de transcrições de tradução ao vivo, quase em tempo real, para seu aplicativo Google Translate. O recurso ainda está em andamento  e provavelmente exigirá uma conexão com a Internet para iniciar, mas você supostamente poderá gravar áudio em um idioma e assistir a sua tradução e transcrição em outro. O Verge observa que o recurso não funcionará com arquivos de áudio inicialmente – apenas com áudio ao vivo.

Não existe uma linha do tempo concreta para quando poderemos ver esse recurso, além de um vago ’em algum momento no futuro’. Ainda assim, o recurso pode ser um salva-vidas ao viajar para um país onde você provavelmente não entende quase nada da língua local, não importa quantas sessões de Duolingo você conclua com antecedência. Embora o Google Tradutor não seja aquela maravilha com algumas traduções mais complicada, ele até que funciona bem com frases básicas que você pode precisar para andar por aí.