O Google obteve uma patente para um brinquedo/assistente de voz antropomórfico que parece saído da mente de alguém que assistiu A.I. – Inteligência Artificial e Ted na sequência (e que obviamente nunca assistiu Brinquedo Assassino). Trata-se de um robô em formato de urso de pelúcia ou coelho que usa reconhecimento facial para identificar o rosto de quem olha pra ele.

O brinquedo, equipado com câmeras e microfones, responde a comandos de voz e reproduz música, ou ativa um player de música que esteja conectado a ele. É basicamente uma resposta do Google ao Amazon Echo com um exterior fofinho, ou uma versão avançada das bonecas com câmeras que pais paranoicos usam para espiar os filhos e as babás.

Estas são as ilustrações do Google para o brinquedo. Os microfones estão nas orelhas; as câmeras estão nos olhos; e o alto-falante está na boca. Que gracinha:

1265186250620026003

A patente explica que o boneco produzirá uma “confirmação visível” quando alguém falar. Imagino que seja semelhante ao Furby, algo mais ou menos assim:

giphy

O Google não foi o primeiro a imaginar bonecos vagamente assustadores com inteligência artificial. A Mattel já passeou por esse vale com a siliconada “Hello Barbie”, uma boneca que usa inteligência artificial para conversar; e uma empresa chamada CogniToys desenvolve um dinossauro de brinquedo que ela espera desenvolver a capacidade de raciocinar nas crianças”.

Talvez para suprimir os medos de que o Google está destinando à crianças um produto capaz de armazenar dados, a patente mostra possíveis usos de um amante de jazz com o produto: “Caso o comando de voz seja ‘reproduza músicas do período mais antigo de John Coltrane’, o comando ao dispositivo de música instruirá o dispositivo de mídia 404 a tocar músicas de 1965 a 1967 de John Coltrane“.

Mas sejamos francos: colocar uma assistente controlada por voz dentro de um brinquedo é claramente um produto destinado a crianças. E se o Google fizer este dispositivo, o maior problema será, sem dúvidas, como lidar com privacidade. Por enquanto, este boneco que coleta dados de áudio e vídeo do que se passa no quarto de uma criança ainda é só um conceito. [Quartz]

Imagens e GIF via Claudio Matsuoka/Flickr, US Patent & Trademark Office, Giphy