Como vender músicas online separadamente não basta, grandes gravadoras têm um plano de dar vida nova ao álbum: um novo formato chamado CMX, que inclui a capa, arte do álbum, música e vídeos num só arquivo. A ideia já não é tão boa, e fica pior: as gravadoras querem concorrer com a Apple, que também deve lançar álbuns digitais.

Aparentemente, a Universal, Warner, EMI e Sony ofereceram à Apple a ideia do CMX, formato digital para álbum, há mais de ano, só que a Apple recusou — e foi criar seu formato próprio, aparentemente chamado Cocktail, que deve ser anunciado agora em setembro. O CMX, no entanto, só deve surgir em novembro.

Esse formato das gravadoras soa bastante como um programinha mal-feito em Flash que vinham em alguns CDs no passado. Ah, e o U2 deve lançar o novo formato. Putz.

Ah, sim, eu já disse que as gravadoras querem concorrer com a Apple, a maior vendedora de música nos EUA? Não seria a primeira vez que elas brigam no terreno digital, mas da última a Apple ganhou: hoje oferece música sem DRM e teve que se comprometer pouco por isso (criando três preços, em vez do preço único de 99 centavos de dólar). Então não espero mesmo que as gravadoras ganhem esta luta: essa ideia de álbum digital é muito infeliz. Até o Radiohead já desistiu de gravar álbuns. [Times Online via Guardian via BBG]