A Estação Espacial Internacional (ISS) esperava ganhar seu primeiro habitat espacial acoplável e expansível esta semana. Em vez disso, a estrutura se recusou a inflar – e ninguém está completamente certo sobre o que deu errado.

>>> Os detalhes do habitat espacial inflável da NASA

O habitat espacial BEAM (Módulo de Atividade Expansível Bigelow) foi desenvolvido pela empresa espacial privada Bigelow. Ele usa nitrogênio e oxigênio comprimidos que também formam uma atmosfera interna. São 4 m de largura por 3 m de comprimento quando completamente inflado.

O BEAM foi enviado em abril pela cápsula Dragon, da SpaceX, e a situação parecia promissora. Ele está preso ao casco da estação há mais de um mês, sem mostrar sinais iniciais de problemas.

Mas, depois que o astronauta Jeff Williams da ISS começou a sequência de expansão, algo deu errado quase imediatamente. A estrutura mal estava inflando, enquanto a pressão na estrutura subiu rapidamente, muito além do esperado.

Depois de horas de tentativas, a NASA acabou desistindo, mesmo que temporariamente, até que possa descobrir o que há de errado. A sequência de expansão deveria ter ocorrido assim:

Em vez disso, o que eles viram foi o seguinte:

No final, o BEAM só conseguiu inflar alguns centímetros para fora no comprimento e diâmetro em seu primeiro teste, o que mal fez uma diferença notável.

Por enquanto, a origem do problema continua a ser um mistério, mas os engenheiros da NASA estão analisando o problema e esperamos ter uma solução em breve. Na verdade, a agência tem já agendada uma segunda tentativa em breve.

[NASA]

Imagem: NASA