Já faz um tempo que a Samsung vem brincando com telas curvas – seja em dispositivos já lançados ou alguns registros de patentes. A coreana deu mais um passo em direção ao futuro das telas curvas hoje com o anúncio do Galaxy Note Edge, um irmão estranho do Galaxy Note 4 que tem uma tela que cobre a sua lateral.

Gizmodo

É quase como se ele tivesse duas telas. A frontal, tão tradicional em smartphones e vários outros dispositivos pelo mundo, funciona como no Note 4. Mas a adicional – a que se espalha por uma das laterais do aparelho – serve como uma tela auxiliar, mostrando informações extras (nem sempre relacionadas ao app aberto) ou opções de controle.

Gizmodo

Com o app da câmera aberto, por exemplo, todos os botões da interface vão para a parte lateral da tela, deixando a parte frontal limpa para você se dedicar melhor à foto. Na tela inicial do Android, você pode encontrar seus apps preferidos na lateral. Ou escolher o que mostrar nela – deslizando seu dedo, a tela muda, mostrando widgets ou outras coisas que podem ser definidas pelo usuário.

Gizmodo

Por dentro, a única grande diferença do Note 4 para o Edge é essa tela – de resto, os dispositivos são quase idênticos. Mas o design tem algumas outras diferenças. O botão para ligar o aparelho ou acender a tela, normalmente presente no lado direito do dispositivo, foi deslocado para a parte superior do aparelho – afinal, no seu lugar está a extensão da tela. A tela, aliás, é levemente menor do que a do Note 4: 5,6 polegadas, enquanto seu irmão menos estranho tem 5,7 polegadas.

Gizmodo

Segundo a Samsung, o aparelho será lançado nos próximos meses em “mercados selecionados” – é pouco provável que ele chegue ao Brasil.

O Gizmodo Brasil viajou a Berlim a convite da Samsung