A Nokia vendeu sua divisão móvel para a Microsoft, e está proibida de lançar novos smartphones até 2016. Claro, nada impede que ela lance tablets: o Nokia N1 roda Android e foi anunciado há alguns meses. A boa notícia: a Nokia fez um tablet muito bom a um preço bem competitivo. A má notícia: ele não deve chegar a muitos países.

Este tablet de 7,9 polegadas é inegavelmente uma cópia descarada do iPad mini. Isso já estava claro quando ele foi lançado, e continua verdade quando você o segura na mão. Para mim, isso não é problema: o iPad mini é bonito, e o N1 também!

Mas isso pode ser um entrave para a Nokia: será difícil ver este tablet em países onde leis de propriedade intelectual são mais rígidas, como nos EUA. A Xiaomi passa pelo mesmo problema: a empresa planeja abrir uma loja virtual para vender acessórios nos EUA, mas “ela não vai incluir celulares nem tablets”.

Nokia N1 - hands-on (4)

Se você gosta do visual e tamanho do iPad mini, mas prefere que seu tablet rode Android, você vai adorar o Nokia N1. A sensação de segurá-lo é praticamente a mesma: na verdade, ele é feito de alumínio anodizado, e parece um pouco mais resistente. Nada mal para um tablet que custa US$ 250.

Ele até inclui o novo padrão USB reversível, chamado Type-C, no qual o conector se encaixa “para cima” ou “para baixo” da mesma forma:

Nokia N1 - hands-on (2)

E o N1 tem boas especificações: processador Intel Atom quad-core, 2 GB de RAM e 32 GB de armazenamento (sem microSD). Ele tem alto-falantes estéreo, câmeras de 8 megapixels e 5 MP, mais bateria de 5.300 mAh. São 6,9 mm de espessura e 318 g. Ele roda o Android 5.0 Lollipop feito pelo Google e possui acesso à Play Store (exceto na China).

Nokia N1 - hands-on (3)

Além disso, temos aqui o launcher modificado da Nokia: o Z Launcher permite escrever qualquer letra na tela para exibir uma variedade de resultados – apps, contatos, entre outros – que comecem com essa letra. Além disso, ela reorganiza automaticamente sua tela principal com os apps que você mais usa. Mas faltam widgets! Claro, você pode usar outro launcher se preferir.

Você pode baixar o Z Launcher para usar no seu smartphone ou tablet Android: ele está disponível neste link. (Ele também está na Play Store, mas brasileiros não conseguirão baixá-lo.)

O design do N1 foi desenvolvido pela Nokia, mas o tablet não é fabricado por ela: a Foxconn está encarregada de tudo, incluindo pós-venda e propriedade intelectual. Por isso, o visual familiar do N1 talvez seja um problema para duas empresas, em vez de uma. Resta ver quais países receberão o tablet da Nokia: no momento, ele só é vendido na China.