O novo grande smartphone da Sony é o Xperia Z2: à prova d’água, capaz de gravar vídeo 4K e bastante fino.

Ele possui uma tela full HD de 5,2 polegadas, e só 8,2 milímetros de espessura. Apesar de leve (158 g), ele dá uma sensação sólida na mão: ele me lembrou do monolito de 2001: Uma Odisséia no Espaço – com bordas ligeiramente mais arredondadas que no Xperia Z1.

Nós gostamos bastante do Z1, e a Sony foi esperta de não mudar a receita do design no Xperia Z2: ele mantém a cor preta em dois tons com acabamento de alumínio nas laterais; e continua resistente à poeira e à prova d’água (padrões IP55 e IP58). Os botões da câmera, volume e liga/desliga ficam no lado direito, e os botões Voltar/Home/Multitarefa continuam sendo virtuais.

Por dentro, temos um processador Snapdragon 801 quad-core de 2.3GHz, e 3GB de RAM. Isso é mais do que suficiente para fazer o Android 4.4 KitKat voar baixo. E a bateria de 3200 mAh deve dar maior vida útil ao aparelho.

sony xperia z2 hands-on espanol (3)

No entanto, é na câmera que o Z2 fica realmente interessante. Ele tem 20.7MP na parte traseira, e é capaz de gravar vídeo 4K. Para o trabalho pesado, temos um sensor CMOS de imagem Exmor RS 1/2.3 e G Lens, com processador de imagem BIONZ. Também há estabilização de imagem SteadyShot. A Sony diz que esta é “a melhor câmera do mundo em um smartphone à prova d’água”.

Há também alguns novos recursos de software genuinamente úteis na câmera. Primeiro, há uma opção de desfocagem de fundo, para concentrar a atenção no objeto ou pessoa que você está fotografando. Depois, há a opção de vídeo Timeshift, que permite gravar vídeo em super slow motion, a 120 quadros por segundo; e o usuário escolhe quais partes recebem o efeito, e quais tocam na velocidade normal.

sony xperia z2 (3)

Ao testar a função, notei como tudo era rápido: seja ajustando o vídeo em tempo real, seja escolhendo diferentes partes do meu vídeo para desacelerar. Pode ser um ótimo recurso para esportistas que querem gravar um gol em câmera lenta, por exemplo.

Quanto ao vídeo 4K, não pudemos vê-lo em uma TV 4K, então fica difícil notar sua qualidade. Mas representantes fizeram uma demonstração impressionante com o Xperia Z2 conectado a uma TV Full-HD da Sony. Eles davam zoom no vídeo 4K enquanto ele tocava: era só “beliscar” a tela (pinch-to-zoom). Isso permitia ao espectador ver detalhes com (presumivelmente) toda a clareza de uma TV 4K.

sony xperia z2 hands-on espanol (2)

Mas ver vídeos na própria tela Full-HD de 5,2 polegadas do aparelho não é nenhum problema – ela é exuberante. A Sony colocou nele sua tecnologia de display Triluminos, além do intensificador de imagem X-Reality. Vendo lado a lado o mesmo conteúdo em um Z1 e Z2, dá para notar uma melhora acentuada nos níveis de contraste e intensidade de cores. A tela do Z1 era boa, mas a tela do Z2 parecia notavelmente mais rica.

No meu breve hands-on com o aparelho, ele me pareceu muito atraente. Em vez de lotar o Z1 com funções desnecessárias, a Sony refinou suas melhores características, e fez acréscimos sutis e bem-vindos sensíveis.

A Sony ainda não menciona preço, mas diz que espera para colocar o Xperia Z2 em lojas de todo o mundo em março.

sony xperia m2

Ah, e também temos o Xperia M2: tela de 4,8 polegadas com resolução 960×540 pixels, processador Snapdragon 400, câmera de 8MP com sensor Exmor RS e bateria de 2.300mAh. Ele tem suporte a 4G LTE e a dois chips; com 8,64 mm de espessura, este é o “smartphone 4G mais fino da categoria”. Saiba mais sobre ele aqui. [Sony]