A Here Maps foi vendida pela Nokia no ano passado para um consórcio de três fabricantes de carro alemãs: Audi, BMW e Daimler (dona da Mercedes Benz). E agora estas empresas anunciaram uma plataforma tecnológica baseada no serviço de mapas, que lembra o Waze, mas baseado nos sensores dos veículos.

Waze passa a alertar sobre o melhor horário para você não chegar atrasado
Google Maps enfim libera mapas offline no Brasil



A ex-divisão de mapas da Nokia anunciou durante o Paris Motor Show o Here Open Location Platform, que consiste em quatro serviços que serão incorporados inicialmente aos veículos das marcas donas da empresa. São eles: Here Real-Time Traffic (que fornecerá informações de trânsito em tempo real), Here Hazard Warning (os carros por meio de seus sensores vão avisar esta rede de veículos de eventuais acidentes ou pontos perigosos de uma via), Here Road Signs (que fornecerá informações de sinalização de trânsito) e Here On-Street Parking (que informará locais para estacionar).

A ideia da Here Maps é que a próxima geração de carros seja conectada e que o próprio veículo seja uma fonte de dados — um pouco como já acontece com o Waze nos smartphones, mas que neste caso será feito automaticamente pelo veículo por meio de seus sensores. Os carros habilitados para usar a plataforma contarão com GPS, câmeras e sensores que farão parte de uma grande rede de informação compartilhada.

hero-sensores

Alguns dos sensores ou elementos do carro que o Here Maps utilizará para criar sua plataforma tecnológica

A gravação de imagens do carro, por exemplo, será usada para ajudar na identificação de áreas de risco. Além disso, a plataforma vai registrar a velocidade do veículo, a localização, a direção, freadas bruscas e fornecer informações de trânsito e de vagas de estacionamento. Sobre este último recurso, a Here promete mostrar a previsão de disponibilidade de vagas por rua e opções de pagamento.

Além dos sensores, as informações devem ser complementadas com dados públicos de cidades e de autoridades responsáveis pelo gerenciamento de trânsito.

A previsão é que estes serviços estejam funcionando em alguns veículos no 1° semestre de 2017. Não há detalhes sobre se os dados transmitidos e recebidos pelo carro usarão uma conexão do próprio usuário ou se será algum sistema próprio das montadoras.

O Here Open Location Plataform será aberto para fabricantes de veículos, cidades, autoridades responsáveis pelo gerenciamento de trânsito, fabricantes de smartphone e desenvolvedores de aplicativos.

[BBC e Here Maps 1 e 2]

Foto do topo por Here Maps