O filme “Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa” ultrapassou US$ 1 bilhão arrecadados em bilheterias do mundo todo. Esse é o primeiro longa a atingir a marca desde o início da pandemia. 

A informação é do site The Hollywood Reporter, que destaca que é o segundo filme da franquia com Tom Holland a render mais de US$ 1 bilhão – cerca de R$ 5,5 bilhões. Em 2019, “Homem-Aranha: Longe de casa”, chegou aos US$ 1,1 bilhão.

Produzido pela Marvel e Sony, “Homem-Aranha 3” ganhos bilionários 12 dias depois de sua estreia. O longa empatou com “Star Wars: O Despertar da Força”, de 2015, como o terceiro filme a chegar mais rápido a uma receita superior a um bilhão de dólares. 

O filme do herói da vizinhança ficou atrás apenas de  “Vingadores: Ultimato“, que atingiu a marca em 5 dias, e “Vingadores: Guerra Infinita” (11 dias). O longa é o 49º filme no mundo a arrecadar US$ 1 bilhão nas bilheterias.

A  aventura da Marvel estrelada por Tom Holland é o primeiro filme desde “Star Wars: Ascensão Skywalker”, de 2019, a passar de um bilhão de dólares globalmente. Nenhum outro filme de Hollywood chegou perto dessa bilheteria nos últimos dois anos.

Vale lembrar que “Homem-Aranha: Sem Volta para Casa” tornou-se também a maior estreia de um filme em cinemas do Brasil na história. Segundo dados da Comscore, empresa internacional de consultoria de mídia e audiência, o longa já conseguiu mais de 1,7 milhão de espectadores e R$ 34 milhões em bilheteria no primeiro dia.

Este é o 3º filme da nova franquia do Homem-Aranha, com Tom Holland como protagonista. O longa resgatou vilões de filmes anteriores, como Jamie Foxx, de “O Espetacular Homem-Aranha 2“, no papel do vilão Electro; e Alfred Molina, de “Homem-Aranha 2“, como Doutor Octopus.