Um pescador da cidade de Aberdeen, na Escócia, se surpreendeu ao pescar uma lagosta azul na última quinta-feira (2). Isso porque o animal é bastante incomum e raro: as chances de encontrar um é uma em dois milhões.

Para a BBC News, Ricky Greenhowe, de 47 anos, disse que essa é a primeira vez que isso acontece em mais de trinta anos. Ele encontrou o crustáceo no largo de Aberdeen na manhã de quinta-feira (2), quando as gaiolas foram trazidas à superfície de seu barco.

“Eu percebi imediatamente e coloquei-a em uma caixa separda”, contou. “Nunca vi uma antes e pesco desde os 14 anos.” No país, uma lagosta normal desse tamanho, com cerca de 1,5 kg, valeria £ 25 (aproximadamente R$ 153).

Porém, Greenhowe irá oferecer o bicho para um aquário ou irá colocá-lo de volta no mar. “Não se trata de dinheiro – ele deve continuar sua vida”, afirmou o pescador. “É tão raro que seria uma pena colocá-lo em uma panela.”

Assine a newsletter do Gizmodo

Chamadas oficialmente de Procambarus alleni, as lagostas azuis são coloridas por causa de uma anormalidade genética que as faz produzir mais de uma determinada proteína do que outras, deixando o seu esqueleto diferente do vermelho e do marrom.

Veja mais imagens da lagosta azul: