Semana passada, muita gente ficou perdida por causa de uma falha em celulares, computadores, decodificadores de TV e até relógios de rua. Os aparelhos adiantaram seus horários em uma hora, como se o horário de verão tivesse começado. Não era o caso: em 2018, o horário de verão só começa no dia 4 de novembro. Mas por que isso aconteceu?

• União Europeia consultará cidadãos sobre possível fim do horário de verão

Segundo o blogueiro de tecnologia Altieres Rohr, do G1, os aparelhos mudaram de horário por conta de uma tabela chamada TZ, que inclui diversas informações sobre fusos horários. A última atualização da tabela é de 12 de janeiro de 2018 e já contém as novas instruções para o horário de verão no Brasil — um decreto do Governo Federal, editado em dezembro de 2017, mudou a data de início do horário do terceiro domingo de outubro para o primeiro domingo de novembro.

Só que nem todos os aparelhos estavam com essa tabela atualizada. Versões anteriores a essa traziam as instruções antigas e fizeram os relógios se adiantarem justamente no terceiro domingo de outubro.

Segundo o Google, a atualização da tabela TZ fica a cargo das fabricantes dos aparelhos. A empresa também diz que, a partir do Android 8.1, uma mudança no código do sistema operacional tornou a atualização da tabela mais fácil para as marcas, sem precisar atualizar o sistema todo. Sabe aquela coisa de uma marca demorar mais para atualizar o sistema do que outra? Isso também se aplica aqui. Vale dizer, porém, que o problema afetou aparelhos além do ecossistema do Android: decodificadores de TV e e-readers, por exemplo, tiveram problemas parecidos.

De qualquer forma, o Google publicou em seu blog algumas instruções para garantir que seu celular estará na hora certa no dia 4 de novembro e que você não vai perder nenhum compromisso por causa disso. Basicamente, a recomendação é desativar a atualização automática do horário e acertar manualmente:

1. Entre no menu Configurações e procure o item chamado “Sistema”, depois escolha “Data e Hora” ou algo similar. (Em alguns aparelhos talvez não seja necessário passar pelo menu “Sistema”)
2. Desative as opções “Data e hora automáticas” e “Fuso horário automático”.
3. Depois desses passos adicione 1 hora em seu horário local e tudo estará pronto para ativar seus despertadores.

Esperamos que ninguém perca uma hora de sono desta vez.

Imagem: Miguel Á. Padriñán / Pexels