A HP acaba de soltar um vídeo do CTO Phil McKinney demonstrando o "slate" mostrado na CES 2010. McKinney assegurou que não é só fogo de palha, mas, ao fazer isso, pode ter retirado muito da graça do produto.

O ponto alto da demonstração que Steve Ballmer deu do produto foram os diferentes modos – leitor de eBook, player de vídeos etc – que você pode alternar rapidamente. Mas no fim das contas aqueles modos são apenas aplicativos rodando no Windows 7, com menu iniciar e tudo, só que em tela cheia. O Windows 7 é ótimo, mas não sei se gosto dessa abordagem. Acho que todos concordam que o hardware não é a notícia nessa coisa toda de Slates e Tablets, mas sim o software. É preciso um novo tipo de software para tornar esse tipo de hardware uma parte integral das nossas vidas.

Ainda é certo para concluir qualquer coisa, porém, e conhecendo a equipe TouchSmart da HP, é possível quase afirmar que alguma coisa está sendo preparada nesse sentido, nem que seja apenas uma skin bonitinha. McKinney promete entregar o produto "em 2010", e por um preço "competitivo" – ou seja: bem menos de US$ 1500. Eu nem vou chutar um preço aqui, gente. Só espero que a HP e a Microsoft consigam mostrar um produto atraente e impressionante, para rivalizar com o ainda não visto produto da Apple. Afinal, concorrência é sempre bom. [HP no YouTube]