A ilha Henderson, localizada no Pacífico Sul, estava no local errado do mapa há 85 anos. Quem fez a observação foram patrulheiros da Marinha Real Britânica, que passaram pelo lugar com o objetivo de tornar as cartas de navegação ao redor dos Territórios Ultramarinos Britânicos mais precisas.

O grupo, que estava a bordo do navio patrulha HMS Spey, cruzou a localização do local mostrada em mapas com dados de radar. Assim, percebeu que a ilha estava 1,6 quilômetros mais ao sul do que está representada em cartas marítimas. 

Ilha mapa
Localização real da ilha Henderson, no oceano Pacífico. Imagem: Marinha Real Britânica/Reprodução

O primeiro registro cartográfico da ilha Henderson foi feito em 1937, a partir de fotografias aéreas. As novas observações sugerem que a aeronave que fez as imagens errou um pouco em seus cálculos.

A ilha Henderson é uma das quatro ilhas do arquipélago de Pitcairn. Ela possui 37,3 quilômetros quadrados e é conhecida por seu acúmulo de poluição. Ela fica no meio do Pacífico, sendo bombardeada por materiais plásticos trazido pelas correntes marítimas. 

Ilha mapa
Acúmulo de plástico na ilha Henderson. Imagem: Marinha Real Britânica

Há cerca de 40 milhões de pedaços de plástico hoje na ilha. Supõe-se que 270 novos detritos invadem a região a cada dia. A última vez que navios da Marinha Britânica passaram por lá foi em 2018, para estudar os efeitos do plástico nos oceanos. 

Agora, o navio coletou amostras de água da região. O objetivo é estudar a salinidade, temperatura, pressão e outros fatores, captando dados sobre os efeitos das mudanças climáticas no arquipélago.