O Instagram anunciou nesta quarta-feira (26) uma opção que reverte a decisão da empresa de esconder o número exato de curtidas nos posts da rede social. Bem, quase isso: na verdade, o usuário é quem poderá escolher se deixará ou não essa informação visível em suas fotos e vídeos. Uma atualização será liberada gradativamente para todos os usuários nas próximas semanas, então é provável que nem todo mundo veja a nova configuração ainda hoje.

“É muito importante para nós do Instagram que as pessoas se sintam bem com o tempo que passam em nossos aplicativos, e essa atualização é uma maneira de dar às pessoas ainda mais controle sobre sua experiência nas plataformas”, disse o Instagram em um comunicado de imprensa.

A rede social ainda destacou que recebeu o feedback dos usuários ao longo dos últimos dois anos, e que foi devido a esse retorno que a companhia optou por reverter a decisão anterior. 
”Enquanto algumas pessoas achavam positivo ter a contagem de curtidas ocultada, outras gostariam de seguir vendo os números para que pudessem identificar tendências e os conteúdos mais populares”, completou.

Usuários verão este aviso (à esquerda) assim que a nova função for disponibilizada. Imagem: Instagram

Com as mudanças, os usuários poderão escolher se querem ou não mostrar o número de likes em todas as suas publicações, ou em fotos e vídeos específicos. A nova opção poderá ser acessada nas configurações do Instagram, dentro do menu “Publicações”. Se quiser esconder posts individuais, vá até algum deles, toque no ícone de três pontinhos no canto superior direito e selecione “Ocultar número de curtidas”.

O recurso também está sendo expandido para os posts do Facebook.

Assine a newsletter do Gizmodo

Instagram removeu curtidas públicas em 2019

A ocultação do número de curtidas foi uma medida implementada pelo próprio Instagram em 2019. Apenas os donos das postagens conseguiam visualizar o número exato de pessoas que deram like nos conteúdos — os demais usuários só tinham acesso à lista com os demais seguidores que gostaram dos posts. Curiosamente, se você abrisse uma foto por um navegador no PC, ela mostrava em números quantas pessoas curtiram aquela imagem.

Os testes aconteceram em alguns países, como Brasil, Japão, Austrália e Canadá. Na época, o Instagram declarou que realizou os testes para “que os seguidores se concentrem mais nas fotos e vídeos que são compartilhados, do que na quantidade de curtidas que recebem”.