O iPhone 14 ainda nem foi lançado, mas inúmeros vazamentos apontam o que todo mundo já espera: os novos celulares da Apple serão os mais caros da história.

Segundo novos rumores divulgados pela Forbes, a versão “Pro” do novo iPhone deverá chegar às lojas com preços a partir de US$ 1.099, um aumento de 10% em relação ao valor do iPhone 13 Pro em seu lançamento.

Já o iPhone 14 Pro Max será comercializado a partir de US$ 1.199, ante os US$ 1.099 do iPhone 13 Pro Max.

A boa notícia é que um vazamento aponta que a Apple decidiu congelar o preço de lançamento do modelo mais básico do iPhone 14. Segundo um especialista em vazamentos anônimo — conhecido como Lanzuk, ele deve ser lançado por US$ 799.

A expectativa é que a nova versão iPhone 14 Max tenha um preço intermediário, de US$ 899.

No Brasil, é difícil estimar com certeza qual será o preço final desses aparelhos. Porém, tendo como base os valores atuais do iPhone 13 Pro Max de 1 TB – que sai hoje pela bagatela de R$ 14,9 mil – e o reajuste da Apple de 10% no preço dos novos aparelhos, é possível estimar que a versão mais cara da linha deve ser comercializada por aqui com valor por volta de R$ 16,5 mil.

O que podemos comprar com o valor do iPhone 14?

Começando pelo ecossistema da Apple, com cerca de R$ 17 mil seria possível comprar, por exemplo, quatro aparelhos iPhones SE de 64 GB ou dois iPhones 13 Pro Max de 256 GB. Ainda com este valor, daria pra comprar cinco Apple Watches SE, três iPads mini de 64 GB ou dois MacBooks Air.

Com o mesmo orçamento, também daria para adquirir um celular Samsung Galaxy S22 Ultra de 256 GB, e ainda sobraria dinheiro para um notebook Asus ZenBook com processador Intel Core i5.

Segundo apontou o site AutoPapo, um consumidor brasileiro poderia escolher entre comprar um iPhone 14 Pro Max ou um carro usado, como o Peugeot 207 XR 1.4 (2012) ou um Palio EXL 1.3 (2005). E aí, salgado ou não?