Derrubar o celular e ter que lidar com a tela trincada depois é uma sensação horrível. Você se lamenta por ser tão desastrado e tão azarado. Mas tem gente que tem sorte. Muita sorte. Sorte suficiente para derrubar um iPhone de um avião e ele continuar funcionando depois da queda. Foi o que aconteceu com uma mulher no estado americano do Iowa.

Um iPhone é o mais recente dispositivo a pegar fogo dentro de um avião
7 tentativas de danificar o iPhone 7 em GIFs

Sarvinder Naberhaus estava fazendo um passeio turístico em um avião biplano vintage. Ela pegou seu iPhone para tirar algumas fotos, mas, assim que colocou o aparelho para fora do para-brisa, o vento o derrubou de sua mão para uma queda de mil pés de altura — pouco mais de 300 metros.

O voo continuou normalmente. Ela, sua amiga de escola Donna Johnson e o piloto Rob “Waldo” Lock pousaram no aeroporto de Ames. Só então Waldo ficou sabendo do que havia acontecido e disse que seria impossível encontrá-lo.

Mas Sarvinder não desistiu. Usou o app Find My iPhone e… nada. Depois de mais algumas tentativas frustradas, já estava convencida a comprar um aparelho novo, pois teria que viajar para Dallas no dia seguinte, quando obteve resultado. Ela, então, dirigiu para a zona oeste de Ames, seguindo as direções apontadas pelo aplicativo.

Chegando lá, usou um celular emprestado para ligar para seu número. Novamente, as primeiras ligações foram sem resultado, mas, quando já estava quase desistindo, ela ouviu um toque ali perto. Sarvinder encontrou seu iPhone caído em um gramado alto, com a tela para cima. Ele estava funcionando perfeitamente, inclusive mostrando uma notificação da agenda para um compromisso no dia seguinte.

Você pode ver a reportagem da TV local (em inglês) com Sarvinder Naberhaus contando sua história abaixo.

[WHO-TV via Business Insider]

Imagem do topo: WHO-TV