Este ano, o Google anunciou medidas de segurança para o Google Play, bloqueando e removendo apps maliciosos. E o Jelly Bean 4.2, que foi lançado esta semana junto ao Nexus 4, traz uma nova função de segurança: agora, o sistema verifica aplicativos fora do Google Play antes de você os instalar — e pode até mesmo bloqueá-los, caso sejam realmente perigosos.

Num post no Google+ com um link para a página de suporte, a empresa deu algumas informações sobre o sistema. Funciona assim: quando você tenta instalar um app no Jelly Bean 4.2 com o App Verification ligado, ele manda dados sobre o aplicativo para o Google, que checa se ele é seguro ou não.

Caso não seja, há dois cenários: ou o Android emite um alerta, perguntando se você realmente deseja prosseguir; ou, se o app for sem dúvida malicioso, o Android simplesmente impede a instalação. O App Verification vem ativado por padrão no sistema, mas você pode desligá-lo, se preferir: basta ir em Configurações > Segurança > Verificar apps.

Segundo o Google, para o recurso funcionar é necessário enviar algumas informações de forma automática. Entre elas, estão informações gerais do seu aparelho, como o ID do dispositivo, versão do sistema, endereço de IP e alguns cookies. Mas fique calmo: todas essas informações só serão enviadas caso você autorize isso — a pergunta aparece na primeira vez que você instala um app.

Esse aumento na proteção já tinha sido previsto pelo The Next Web há pouco mais de um mês, quando o Google acrescentou ícones de segurança numa das atualizações da Play Store e comprou a VirusTotal. O primeiro fato já está explicado: os ícones e caixas de diálogo são usados nas telas de aprovação e bloqueio. Já o VirusTotal permanece apenas como um app na Play Store, que, de acordo com a descrição, também faz isso. Talvez o próximo passo seja incluí-lo como padrão no Android. [Google+ via The Next Web]