As cópias piratas de Halo: Reach já estão nos sites de torrent, e a Microsoft já falou ao Kotaku que está investigando "agressivamente" o vazamento do jogo e também está totalmente preparada para banir todo mundo que for pego jogando antes do lançamento.

Isso acontece toda vez que um jogo grande é lançado, mas quando é algo do porte do último Halo da produtora Bungie, a Microsoft se apruma na cadeira e cerra os punhos. O jogo caiu na internet vários dias antes do seu lançamento – que será em 14 de setembro –, e um representante da Microsoft nos contou que a origem do vazamento está sendo apurada. 

"Nós estamos cientes de que uma cópia não autorizada de Halo: Reach foi vazada. Nós estamos investigando a questão agressivamente. Não temos maiores detalhes no momento."

E quanto aos camaradas que não conseguem resistir a dar uma jogadinha mais cedo no último Halo? Mesmo se você tem intenção de comprar o original quando sair, sugerimos que não baixe a versão vazada, ou a Microsoft pode te pegar. 

"Nós estamos perseguindo agressivamente os transgressores. O compromisso da Microsoft com o combate à pirataria e com uma experiência de jogo mais segura para os 25 milhões de membros da comunidade Xbox Live permanece a maior prioridade. Todos os consumidores devem estar cientes de que a pirataria é ilegal e que modificar o seu console Xbox 360 é uma quebra dos termos de uso da Xbox Live, anula a garantia e resulta em banimento da Xbox Live".