Quer comprar para si um presente caríssimo? Um dos poucos diamantes azuis disponíveis no mundo estará à venda no próximo dia 18 de maio, na casa de leilão Christies, em Geneva (Suíça). Caso você queira participar, tenha ciência de seu saldo bancário, pois é esperado que ele seja vendido por algum valor entre US$ 38 milhões e US$ 45 milhões, baseado em leilões anteriores de pedras do mesmo tipo.

>>> Cientistas descobriram uma nova forma do carbono que é mais dura que diamante
>>> Mineradores descobriram um diamante gigante, o maior já encontrado em 100 anos

A pedra — conhecida como Oppenheimer Blue, pois o antigo dono dela era Philip Oppenheimer, que administrava a empresa de mineração DeBeers — é um monstro de 14,62 quilates (ou carats, do inglês), pouco menos de 3 gramas.

diamante-azul-2

Crédito da imagem: Christies

A justificativa do preço alto tem relação com seu tamanho. A cor também é outro atrativo: segundo a Bloomberg, apenas 0.0001% de todos os diamantes do mundo são azuis e boa parte deles está em exposição em museus. Logo, quando algum fica disponível gera muita atenção. No ano passado, um bilionário de Hong Kong gastou US$ 48,4 milhões em um diamante azul de 12,03 quilates (2,04 gramas).

A título de curiosidade, o maior diamante azul que se tem notícia é o Hope Diamond, que tem 45,52 quilates (cerca de 9 gramas). Ele fica exposto no National Museum of Natural History, em Washington (EUA).

[Christies via Bloomberg]