Ontem, a Amazon estreou no Brasil seu leitor de e-books Kindle Paperwhite, com tela e-ink iluminada e sensível ao toque, por R$ 479 (Wi-Fi).

Hoje, a Livraria Cultura baixa o preço do Kobo Glo, seu leitor de e-books com tela iluminada, para R$399. Concorrência!

O novo preço vale apenas para quem participa do +cultura, programa de fidelidade da Livraria Cultura. Como entrar no +cultura é gratuito, qualquer um pode ter acesso ao preço mais baixo. (Senão, você paga os R$ 449 originais.)

O Kobo Glo é o principal concorrente do Paperwhite no Brasil. Ele possui touchscreen e-ink capacitiva de 6″ com 212 ppi, assim como o Kindle. E como a tela é iluminada, é possível ler no escuro. Ele ainda possui entrada para microSD, algo que o Kindle não tem. Ambos possuem suporte a PDF, mas a navegação não é rápida e o texto não se ajusta à tela.

A maior diferença está no acervo de livros. Com o Kobo Glo, você pode ler livros da Cultura e de outras lojas, como Saraiva e Google Play – basta que elas o vendam em formato ePub (ou PDF).

O Kindle, por sua vez, é o único e-reader com acesso aos livros da Amazon – você não poderá lê-los no Kobo Glo, por exemplo. É possível colocar ePubs no Kindle, mas você precisa convertê-los usando o software Calibre. (O mesmo vale para quadrinhos em formato CBR e CBZ).

A Livraria Cultura também destaca que está com desconto nos e-books também. Em nossa avaliação de lojas de e-books, a Amazon se destacou pela onipresença (há apps para várias plataformas), preços baixos e títulos exclusivos. A vantagem da Cultura, por sua vez, está nas formas de pagamento mais flexíveis, não restrito ao cartão de crédito.

Se você está interessado em ler e-books, este é um momento ótimo. Você vai de e-reader ou tablet? Se a resposta for a primeira opção, qual será sua escolha? [Livraria Cultura; valeu, Rommel Dultra!]