Quando se pensa em tablet, é provável que a primeira coisa que venha à mente da maioria das pessoas seja um iPad. De fato, o aparelho se tornou referência na categoria, que não tem tido muito espaço para opções Android. A Lenovo é uma das poucas fabricantes que ainda apostam no formato, e seus lançamentos recentes mostram que a companhia está disposta a investir no segmento com os novos Yoga Tab 13, Yoga Tab 11 e Tab P11 Plus. A empresa ainda revelou o Smart Clock 2, um dispositivo semelhante ao Echo Show 5 da Amazon.

O Yoga Tab 13 é um tablet Android com porta micro HDMI integrada no lado direito do dispositivo. Ele é alimentado por um processador Qualcomm Snapdragon 870 com 8 GB de RAM e até 256 GB de armazenamento. Há uma bateria de 10.000 mAh, que deve ser grande o suficiente para usar o aparelho como uma de suas principais propostas: um monitor externo. A tela de 13 polegadas traz resolução de 2.160 x 1.350 e brilho máximo de 400 nits. Há uma porta USB-C para carregar e conectar adaptadores, mas não há entrada para fone de ouvido. Não há câmera traseira, porém temos um sensor frontal de 8 MP para videoconferência.

O Yoga Tab 11, por sua vez, é uma versão mais compacta do Tab 13. Ele possui uma tela de 11 polegadas com resolução de 2.000 x 1.200, além de processador MediaTek Helio G90T, 8 GB de RAM e 256 GB de armazenamento. Também existe uma opção com 4 GB de RAM e 128 GB de espaço interno. O Yoga Tab 11 tem uma bateria de 7.700mAh e duas câmeras de 8 MP cada, uma na frente e outra na parte traseira.

Outro modelo anunciado é o Lenovo Tab P11 Plus, que vem com um suporte embutido que adiciona trackpad e teclado. Ele tem um display LCD IPS de 11 polegadas com resolução de 2K e funciona com o mesmo processador MediaTek Helio G90T. Há uma bateria de 7.700mAh, e o P11 Plus vem com um teclado e uma caneta na caixa. Ele está disponível em várias configurações, de 4 a 6 GB de RAM e até 128 GB de armazenamento.

Já para as versões mais básicas, a Lenovo revelou o Tab M7 e o Tab M8. O primeiro conta com um processador MediaTek MT8166 com 2 GB de RAM, enquanto o segundo tem chipset MediaTek Helio P22T e até 3 GB de RAM. O Tab M8 ainda pode ser adquirido com uma base de carregamento opcional, para que ele possa ser usado como um display inteligente que recebe comandos de voz para o Google Assistente.

Assine a newsletter do Gizmodo

Todos os modelos rodam o Android 11 e possuem um acabamento em um tecido macio na parte traseira, para tornar o uso mais confortável. Eles também são compatíveis com a Lenovo Precision Pen 2, que é vendida separadamente, e possuem acesso a um espaço de entretenimento do Google que lembra bastante a interface do Google TV, sistema operacional para televisores. Há ainda um suporte de alumínio que permite posicionar os dispositivos de várias maneiras.

Lenovo Smart Clock 2

A Lenovo mostrou o Smart Clock 2, um dispositivo que lembra um pouco o Echo Show 5 da Amazon, mas em tamanho reduzido e sem câmera. O aparelho é um relógio inteligente com Google Assistente, tela de 4 polegadas e conectividade Bluetooth. Sua estrutura é revestida em um tecido resistente e macio, ainda conta com um espaço para carregar um celular, fone de ouvido ou acessórios menores compatíveis com o padrão Qi.

Certamente, é um produto para ficar quietinho na sua mesa de cabeceira ao lado da cama ou que você consiga acessá-lo facilmente, já que existem poucos botões de interação.

Preços e disponibilidade

O Lenovo Yoga Tab 13 tem preço inicial de US$ 680 e estará disponível agora em julho junto com o Tab M7. O Yoga Tab 11 e o Tab P11 Plus custam a partir de US$ 320 e US$ 260, respectivamente, e serão lançados em agosto. O Lenovo Tab M8, por sua vez, chegará em mercados selecionados no final deste ano. O Lenovo Smart Clock 2 custará US$ 90 e as vendas começam em setembro.

Não há previsão de lançamento dos aparelhos no Brasil.